Não me coloquem no saco!

27 de Fevereiro de 2009

saco

Acho que agora entendo a graça toda de tocar o terror com a história do Velho do Saco. O saco, nada mais é, do que um buraco negro onde são jogadas todas as pessoas com um mínimo de gosto em comum. Gosta de Bob Marley? Tem que fumar uma maconha. Curte pagode? Tem que morrer.

Se você usa sapato bico fino, nem pense em dizer que você gosta de Ramones. Afinal, todo mundo sabe que fã de Ramones usa é All Star. Está lá, escrito no saco. Por essas e outras, sempre me senti meio por fora do público Los Hermanos. Eu não tenho uma armação grossa de óculos. Há quem diga que não sou uma verdadeira fã por causa disso. Aliás, gostar de Los Hermanos diz muito sobre mim. Eu não posso rir huahuahua e deveria dizer que odeio televisão sempre que puder. Se eu disser que gosto de Los Hermanos E Michel Gondry acabou minha vida social. Nada de coisas massificadas, eu estou num saco que não permite. Eu inclusive deveria procurar por bandas que nunca ninguém ouviu e escutar exaustivamente até encher meu Last.Fm com elas. Isso é a coisa mais chata de pertencer a um saco: você está preso lá, com limitações de todos os lados, restando apenas fazer as mesmas coisas que seus companheiros de saco.

É claro que você saca na hora quando existem pessoas que gostam das coisas que você gosta por puro modismo, e não porque elas enxergam tudo aquilo que você também vê quando lê um bom livro, ouve sua música favorita ou assiste um filme diferente de tudo que já foi feito. Mas, infelizmente, estão todos dentro de um saco. Não dá pra diferenciar à primeira vista. Os fãs de Crepúsculo devem me entender.

Então quem gosta de Jota Quest é adolescente sem personalidade e massificada, quem vai a raves provavelmente consome drogas, quem é publicitário tem que ser mega criativo, quem gosta de maquiagens caras é fútil e quem lê meu blog precisa comentar algo engraçado. O saco não tem esse nome a toa. É mesmo um saco.

Editando: Entrei para o TDB da Capricho. E não me venham com sacos. Leiam o post de novo, pra reforçar.

Dá-lhe Hipoglós

24 de Fevereiro de 2009

E na bundinha, não vai nada? Esse deveria ser o verdadeiro slogan de Hipoglós, fikdik.

Mas enfim… não pensem que é sobre assaduras de bebê ou situações da vida em que nos fodemos que vou fazer esse post. É algo bem mais simples: lábios rachados. Como é uma época que muita gente vem da praia e do sol, é comum ficar com os lábios ressecados. Mas também tem aqueles que mesmo sem esses atrativos de verão sofrem desse problema. É o meu caso! Essa é uma história real. Então eu decidi dar um basta nisso tudo. Já tenho muitos problemas, quero pelo menos poder sofrer com lábios macios e lisinhos!

Daí eu varri o Google rapidamente e pensei em comprar Hipoglós pra ver qualéquiéra. A verdade é que Hipoglós fede. Nossa, e como fede. Não é a toa que é um troço pra ser usado na bunda. Me desculpem a sinceridade, mas parece cheiro de peixe fresco. Entretanto, funcionou. Quer testar?

Vamos ao passo-a-passo deste incrível tratamento:

1º: Compre um tubinho de Hipoglós (eu comprei o pequeno da foto, de 45g)
2º: Prenda a respiração
3º: Passe uma camada nos lábios antes de ir dormir. Hipoglós é uma das coisas mais econômicas do mundo. Um pinguinho e você já pode passar no corpo todo quase. Sabe Xuxa e Monage? Pois é.
4º: Vomite (opcional)
5º: Durma toda melequecada e fedida
6º: Ao acordar, corra pro banheiro tirar essa porcaria
7º: Enxague com bastante água
8º: Hihi, enganei você. Água não adianta, Hipoglós é tipo impermeável. Tente colocar algum óleo ou creme tipo Monange e aí sim tirar com água.

O processo todo é bastante facilitado para quem está gripado, não tem nariz ou é o Michael Jackson, pois resume-se então a apenas três passos.

Também li que é bom pra pele, pra espinhas e pra mais um monte de coisa. A Glória Maria usa (na verdade ela deve dormir mergulhada numa banheira de Hipoglós) e parece que se não fosse isso, ela nem seria negra. Enfim, experimentem e venham reclamar/elogiar aqui nos comentários.

A bonequinha tem blog? Hêh

21 de Fevereiro de 2009

Queria agradecer à , Nana, a Rachel, a Lecticia e a Ariane que me mandaram selinhos! Obrigada meninas!

Ariane também me indicou um meme muito diferente (adoro esses assim mais dinâmicos que envolvem vários blogs e fotos e tal) que é o das Blogueiras Blythes. Primeiro, ela me transformou numa Blythe mega fofa:

E não é que parece comigo? haha Independente de gostar de Blythe ou não, eu adorei!

E agora eu vou fazer o mesmo com 5 meninas que eu gosto muito! Aviso: dá trabalho, sim. Mas quem não quiser fazer, não tem problema! Entendam como uma homenagem! =)


Aline

Mima

Key

Lia

E aí, ficaram parecidas ou não? Adorei fazer isso gente!

Viaje neste Carnaval com Jorge Ben Jor

16 de Fevereiro de 2009

Ouça A Tábua de Esmeralda. Sério, eu já falei aqui no blog o quanto eu gosto de Jorge Ben Jor e tal, mas tem algumas letras que fazem você sair do corpo e ir comprar uma coxinha de galinha enquanto pensa seriamente que nós não somos os primeiros seres terrestres, pois nós herdamos uma herança cósmica. Sabe?

O destaque do CD vai para… O Homem da Gravata Florida. Saca só:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Pra cantar junto:
Lá vem o homem da gravata florida
Meu deus do céu… que gravata mais linda
Que gravata sensacional
Olha os detalhes da gravata

Que combinação de cores
Que perfeição tropical
Olha que rosa lindo
Azul turquesa se desfolhando
Sob os singelos cravos

E as margaridas, margaridas
De amores com jasmim
Isso não é só uma gravata
Essa gravata é o relatório
De harmonia de coisas belas
É um jardim suspenso
Dependurado no pescoço
De um homem simpático e feliz
Feliz, feliz porque… com aquela gravata

Qualquer homem feio, qualquer homem feio
Vira príncipe, simpático, simpático, simpático
Porque… com aquela gravata
Ele é esperado e bem chegado
É adorado em qualquer lugar
Por onde ele passa nascem flores e amores
Com uma gravata florida singela
Como essa, linda de viver
Até eu, até eu, até eu, até eu, até eu,…

Diante disto, fica claro que:

a) Jorge estava sentado de pernas de índio no meio da grama olhando pro céu e concluiu que, além dos alquimistas estarem chegando, era preciso criar uma música completamente original. Algo que nunca ninguém havia pensando. Ele poderia falar sobre… sobre uma… uma gravata! Isso, gravata! Se existe algo que pode ser descrito eternamente, definitivamente é uma gravata!

b) Jorge cresceu com um grande trauma por ter visto a Cinderella no continuous play quando era pequeno, pois sua mãe não fazia nada além de pentear os unicórnios do quintal. Para extravazar e jogar tudo pro ar, ele pensa em criar uma versão masculina da história. Se existe algo que pode substituir o sapatinho de cristal e mudar a aparência de alguém, definitivamente é uma gravata!

c) Jorge quis simplesmente homenagear Paracelso, um grande alquimista que teve uma vida difícil por ser baixinho, gago, corcunda, e ter o pinto arrancado por um porco. Se existe algo que deixava Paracelso feliz e esperançoso, definitivamente era uma gravata!

d) Jorge testa sua poção mágica de alquimia que combina pela primeira vez Sonrisal Limão + Maconha + Toddynho enquanto tenta compôr uma nova música.

Acreditem, uma delas é verdadeira. E não é a última.

Gostaram da viagem? haha

Manias

13 de Fevereiro de 2009

Já faz um tempinho, mas a Mari me indicou pra um meme onde eu tenho que:

• Listar 5 obsessões/apegos/manias
• Postar as regras
• Indicar mais 5 pessoas

1. Sou metódica, mas preguiçosa
E tenho mania de deixar tudo simétrico. Sou aquela pessoa que ajeita quadros pra ficarem com as mesmas distâncias dos lados, arrumo papéis para ficarem alinhados com a mesa, coloco os livros por ordem de tamanho numa pilha, etc. Se você entrar no meu quarto, pode ser que veja um bolo de roupas atiradas encima da poltrona, mas tenha certeza de que meus CD’s estão em ordem alfabética. Conclusão: sou chata e paradoxal.

2. Sinopses e além
Depois que vejo um filme, seja na TV ou no Cinema, a primeira coisa que eu faço é ir pro Google ler curiosidades, ficha técnica, opinião dos outros, etc. Gosto de ler tudo sobre o filme.

3. TV ligada no mute com timer
Tenho mania de dormir com a TV ligada, mas no mute. Isso me causa algumas situações como ver finais de filmes que eu não queria, ficar tentando descobrir as notícias sem ter o som, etc. Geralmente se eu durmo e alguém entra no quarto e desliga a TV, eu acordo. Por isso, eu deixo um timer de 45 minutos pra ela desligar. =)

4. Morder os lábios
Dentistas vão me matar, mas eu tenho mania de ficar mordendo os lábios com a ajuda de um dedo pra pressionar o lábio contra os dentes. É algo extremamente idiota porque às vezes eu me machuco e também porque isso empurra meus dentes pra trás, mas quando vejo tô fazendo! =(

5. Ler meus posts
Antes e depois de postá-los. Primeiro porque eu sou a leitora e fã nº 1 do Bruberries, então eu me divirto com meus próprios posts! hahahah Segundo porque eu detesto erros de português, e às vezes eu escrevo com pressa e troco palavras. Entenderam? Nunca é burrice, é sempre a pressa.

Eu não sei pra quem indicar, porque já tô aqui postando o meme com atraso, provavelmente muitos de vocês já fizeram, então… quem não fez, sinta-se livre para roubar! =D

Página 1 de 212