Quartinho (Montessoriano) do Inacio

25 de Setembro de 2014

Eu nem me lembro direito quando e como eu cheguei no nome da Maria Montessori, só sei que assim que bati o olho percebi que o método que ela desenvolveu tinha muito a ver com o jeito que eu e o Rafa pensamos em criar o Inacio.

Pra quem não conhece, Maria Montessori foi uma educadora e a primeira mulher italiana diplomada em medicina (lá em 1896!). O método Montessori enfatiza a importância de se criar um ambiente adequado para o desenvolvimento da criança, capaz de permitir a livre expressão de suas capacidades e estimula a criança a aprender sozinha através das suas experiências. A ideia é dar autonomia, liberdade (com limites) e respeitar o desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas das crianças. O método foi pensado para ser algo fácil de ser seguido por todos, por isso foca em coisas bem simples e quanto mais natural, melhor!

Uma das coisas mais legais que li foi a respeito da preparação da casa, segundo Montessori. Geralmente, o que vemos em quartos de bebê de revista (muitos lindos, por sinal) são quartos decorados, na verdade, para adultos. Montessori defende que um quarto feito para o bebê tem que ser pensado pelos pais como se estivessem no campo de visão do bebê, ou seja: que quadros e imagens estejam na altura do bebê, que tenha liberdade para rolar pra fora da cama (com segurança, é claro) e que tenha livre acesso às suas coisas, por exemplo.

Algumas coisas do método que incorporamos ao quarto do Inacio:
- Quarto espaçoso e composto de poucos móveis;
- Colchão no chão;
- Tudo ao alcance da vista e das mãos;
- Espelho na altura do bebê, para que ele possa se conhecer;
- No armário há uma arara com poucas roupas e ao alcance para que ele possa se vestir sozinho (ainda não chegamos nessa fase, mas já está ali);
- Cantinho da leitura (que é aquela área aberta na estante, onde por enquanto é a casinha do Popeye hehe);
- Os nichos no chão para guardar alguns dos brinquedos.

O resultado?

Caminha no chão e muitas almofadas

Caminha no chão e muitas almofadas

Móvel que mandamos fazer com nichos baixos e sofazinho

Móvel que mandamos fazer com nichos baixos e sofazinho

Cômoda e trocador: esses são meio tradicionais mesmo hehe

Cômoda e trocador: esses são meio tradicionais mesmo hehe

A cama do Inacio é um colchão de berço que colocamos no chão com almofadas, cobertores e tapetinho EVA em volta. Ele dorme ali a noite toda desde os 2 meses de idade, e muitas vezes, pela manhã, encontramos o guri assim:

Rolando, explorando e se divertindo

Rolando e se divertindo

Outra coisa que pesquisamos na época em que ele não interagia muito com brinquedos foram os móbiles. Pedi para minha vó fazer o Gobbi e eu mesma fiz o de Octaedro. Ele não passava hooooras brincando, mas se distraia um pouco.

Móbiles Montessorianos: Gobbi e Octaedro.

Os móbiles: Gobbi e Octaedro.

O espelho ele também adora e fica um tempão se “admirando” (ou admirando o bebê que ele imagina estar preso lá hehe).

Acredito que nenhum método de criação de filho tenha uma garantia de 100% criança feliz, o que existe é o desejo de buscar o melhor. A gente não segue a risca o método Montessori, e acho que ainda temos muito para fazer e ler sobre, mas fazemos o possível para conseguir seguir essa linha de deixar o Inacio mais “solto” para explorar, criar e experimentar as coisas. :)

heart

Separei alguns links para quem ficou curioso ou quer começar aos poucos a adaptar o quartinho e a criação do pequeno para o estilo Montessori:

Para mamães com tempo e alguma habilidade manual:
- Tutorial passo-a-passo (em inglês, mas com muitas fotos) para fazer o móbile Gobbi: Parte I (fazendo as bolinhas) e Parte II (pendurando o móbile)
- Tutorial e molde para fazer o móbile Octaedro: Petit Mondo Montessori (em português) e Little Red Farm (em inglês).
Também tem outros móbiles com tutoriais por aí, é só procurar no Google por “móbile de dançarinos”, “munari mobile” ou “montessori mobile”.

Mais referências de quartos Montessorianos:
Criei um quadro no meu Pinterest só de referências fofas de outros quartos montessorianos, de onde tirei várias ideias legais.

Dicas de sites com atividades, ideias e mais sobre o método:
- Lar Montessori
- How We Montessori

Desapega e Decora, Decora e Desapega

20 de Maio de 2014

Eu e o Rafa temos um histórico de desapegos quando se trata de móveis e decoração. Em quase 4 anos de namoro já tivemos 3 camas, 2 roupeiros, 2 sofás-camas (tá certo isso? O_o), 3 sofás e um número perdido de quantas vezes já trocamos tudo de lugar lá em casa. Quando me mudei pra casa onde o Rafa morava, ele não tinha nada. Mentira, tinha um colchão no chão e uma bancada de trabalho. Minhas coisas ficavam dentro de uma caixa, no maior estilo Chaves e sua trouxinha. Decidimos então comprar móveis e arrumar o quarto, mas como a intenção era sermos econômicos ao máximo, fomos em busca de móveis usados em bom estado. Compramos uma cama e um armário (com puxadores laranja neon que podiam ser vistos da Lua) e com caixotes de feira fizemos as mesinhas de cabeceira. Também compramos o sofá mais confortável do mundo, em couro e preto, e ele era tudo que tínhamos na nossa “sala”.

DSC03301

Quando nos mudamos temporariamente para minha sogra, vendemos tudo isso. Não valia a pena pagar um depósito e esses não eram os móveis que nós queríamos pro apê. Aí quando mudamos oficialmente pro apartamento, “herdamos” do antigo dono um sofá cama (que foi comido pela Moca, mas tínhamos vendido ele pela internet), “herdei” de uma cliente uma cômoda e compramos um novo sofá usado (porque sabíamos que a Moca poderia destruí-lo também a qualquer momento). Ele sobreviveu, mas acabou nos deixando também através de um anúncio na internet. E assim foi com a cama, a esteira de massagem, a esteira de corrida, o sofá-cama de um antigo roomie, a cama da TokStok… Mas também vieram novos móveis, como a cômoda/trocador e a cadeira de amamentação do quarto do Inacio e o carrinho e bebê conforto que ele usa no carro – todos comprados usados ou semi-novos. Ou seja, além de desapegados, acho que somos bons de negociar! :)

Também desmistificamos a ideia de que móveis usados são velhos, sujos e quebrados. A cômoda do Inacio foi usada por 2 anos (também como trocador) por uma outra mamãe e tá linda fazendo sucesso aqui em casa.

quarto do Inacio

Com tanta experiência assim, notei que tem vários móveis a venda na OLX que ajudam numa bela decoração, e com um preço camarada. Pensando nisso, separei algumas coisas que encontrei por lá e que ficam lindas na decoração da casa.

OLX

Expositor de cupcakes: ou porta bolo, este utensílio também é usado para outra coisa! Organizar suas makes e perfumes. As blogueiras Lia e Bruna Vieira já postaram os seus, cheios de fofurices. Além de diferente, é útil e bem em conta. Quer ver como usa?

porta bolo para penteadeira

Bancos, banquetas, pufe: Ou, como chamamos aqui no Sul, os mochinhos! Se você não quer ousar muito, esse é um objeto que dá um toque bem moderninho pro ambiente e pode ser facilmente mudado de lugar. Banquinho almofadado é muito amor e serve pra colocar os pés, revistas e porta-retratos em cima. Já os banquinhos de madeira podem ser aquele lugar extra na mesa ou a escada para alcançar as coisinhas lá no alto da estante. Ideias?

Banquinhos

Móveis coloridos: Laranja, turquesa, vermelho, magenta e amarelo trazem alegria a qualquer ambiente. Os móveis coloridos tão super na moda, principalmente se a escolha for dar cor chamativa a um móvel antigo. Pra não carregar demais e nem ficar aquele Carnaval, o legal é pegar um único móvel destacado e manter o restante da decoração com bases neutras. Quer exemplos?

moveis coloridos

Que o desapego e a troca são super válidos, não há dúvidas! Mas e aí, o que vocês acham? Dá pra fazer bonito com móveis usadinhos?