Viaje neste Carnaval com Jorge Ben Jor

16 de Fevereiro de 2009

Ouça A Tábua de Esmeralda. Sério, eu já falei aqui no blog o quanto eu gosto de Jorge Ben Jor e tal, mas tem algumas letras que fazem você sair do corpo e ir comprar uma coxinha de galinha enquanto pensa seriamente que nós não somos os primeiros seres terrestres, pois nós herdamos uma herança cósmica. Sabe?

O destaque do CD vai para… O Homem da Gravata Florida. Saca só:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Pra cantar junto:
Lá vem o homem da gravata florida
Meu deus do céu… que gravata mais linda
Que gravata sensacional
Olha os detalhes da gravata

Que combinação de cores
Que perfeição tropical
Olha que rosa lindo
Azul turquesa se desfolhando
Sob os singelos cravos

E as margaridas, margaridas
De amores com jasmim
Isso não é só uma gravata
Essa gravata é o relatório
De harmonia de coisas belas
É um jardim suspenso
Dependurado no pescoço
De um homem simpático e feliz
Feliz, feliz porque… com aquela gravata

Qualquer homem feio, qualquer homem feio
Vira príncipe, simpático, simpático, simpático
Porque… com aquela gravata
Ele é esperado e bem chegado
É adorado em qualquer lugar
Por onde ele passa nascem flores e amores
Com uma gravata florida singela
Como essa, linda de viver
Até eu, até eu, até eu, até eu, até eu,…

Diante disto, fica claro que:

a) Jorge estava sentado de pernas de índio no meio da grama olhando pro céu e concluiu que, além dos alquimistas estarem chegando, era preciso criar uma música completamente original. Algo que nunca ninguém havia pensando. Ele poderia falar sobre… sobre uma… uma gravata! Isso, gravata! Se existe algo que pode ser descrito eternamente, definitivamente é uma gravata!

b) Jorge cresceu com um grande trauma por ter visto a Cinderella no continuous play quando era pequeno, pois sua mãe não fazia nada além de pentear os unicórnios do quintal. Para extravazar e jogar tudo pro ar, ele pensa em criar uma versão masculina da história. Se existe algo que pode substituir o sapatinho de cristal e mudar a aparência de alguém, definitivamente é uma gravata!

c) Jorge quis simplesmente homenagear Paracelso, um grande alquimista que teve uma vida difícil por ser baixinho, gago, corcunda, e ter o pinto arrancado por um porco. Se existe algo que deixava Paracelso feliz e esperançoso, definitivamente era uma gravata!

d) Jorge testa sua poção mágica de alquimia que combina pela primeira vez Sonrisal Limão + Maconha + Toddynho enquanto tenta compôr uma nova música.

Acreditem, uma delas é verdadeira. E não é a última.

Gostaram da viagem? haha