Agora que eu sou gente

6 de Outubro de 2011

Todo mundo já teve uma época de vacas magras. E muitas destas pessoas já tiveram uma época em que suas vacas ficaram anoréxicas.

Vinte e cinco anos na cara e decidi comprar um apartamento com o namorado. Duas pessoas muito felizes, e também endividadas pelos próximos 20 anos. Que seja eterno enquanto dure – este amor, não estas parcelas from hell. E enquanto os atuais proprietários do apartamento não saem de lá, eu moro com a sogra e meus dois cunhados. Pra pagar as prestações da casa nova, arranjei um emprego e comecei a economizar.

Virei uma pessoa normal nesse Brasil de meu Deus. Agora que eu sou gente, eu ando de ônibus lotado, eu bato ponto, eu tenho tickets refeição, eu tenho chefe, eu controlo diariamente a minha conta bancária, e diariamente eu surto também. Minha vida útil se resume agora em mais ou menos 4 horas. Pode ser a rotina de várias pessoas há muito tempo, que vão ler esse post e dizer “faço isso desde os meus 18 anos”, “bem vinda à vida adulta” ou “onde encontro sapatos da Sugar Shoes pra vender?”. Mas a verdade é que não é porque é a realidade da maioria dos brasileiros que é fácil, legal ou regra. Eu não quero me conformar porque o mundo é assim, porque a maioria vive assim, ou porque c’est la vie.

Mas, enquanto as minhas condições de vida são estas no momento, resolvi retomar o blog porque eu descobri que sou completamente noob pra viver a vida fora da bolha em que eu me criei. E isso tem gerado situações muito engraçadas. Me assumi mongolona e saí por aí com uma música de atração circense como trilha sonora da vida. Aguardem os próximos posts.

Comente!
  1. Vy 06/10/2011 às 19:52

    Bruberries de volta com novas aventuras! \o\\o//o/

  2. Renata Bustamante 06/10/2011 às 19:55

    Muito bom esse teu post, e posso dizer q me identifico com tudo, eu tenho 26 anos, e eu e meu namorado tbm entramos nessa, temos um contrato de fidelidade por 20 anos…hahahahaha
    E concordo contigo, eu nunca vou me acostumar a “vida dura” só porque e assim com boa parte das pessoas….
    Não da pra se conformar…hehehhe

  3. Mari Assmann 06/10/2011 às 20:37

    Bate aqui! o/

    A vida é dura (bem vinda ao time), mas a satisfação de adquirir algo a dois e sofrer por isso é algo que vai compensar e vai deixar vocês fortes depois!

    Conseguir as coisas facilmente não tem graça nenhuma!

    Sabe a melhor parte?! Comemorar quando sobrou um pouco pra poder ir no cinema quarta-feira…! Rsrsrrss!

    Aqui só faltam mais 18 anos e 10 meses! Passa rápido! Hahahaha!
    *pensamento positivo*

    Parabéns pra vocês Bru!
    Nós também tivemos que esperar a tia se mandar do nosso apto! Rsrsrs!

    Falta muito?

  4. Lia Domingues 07/10/2011 às 09:54

    Bru, cê ainda tem 4 hs pra você? Uau! rs***
    Ó, vou te dar um conselho que eu devia ter seguido. Seja como for, dê um jeito de colocar uma pequena quantia todo mês na poupança. Nem que seja 50 pilas. E não gaste em nada. Essa será a poupança do seu futuro. Agora é coisa pequena, mas vc vai ver a diferença que isso fará se realmente se decidir a seguir… :-)
    Beijocas, boa sorte, querida!!

  5. :: Loma 07/10/2011 às 20:25

    Hey Bruna ^^

    Devo dizer que essa vida levo desde os 18 anos quando comecei minha batalha de emprego x estudos – me encaixo na frase acima kkk
    Desejo sorte, garra e coragem para essa empreitada.

    Xxx

    :: Loma

  6. Paula 08/10/2011 às 09:25

    Aeee parabéns! Sei bem como é, tbm tenho um contratinho desses! No começo tbm foi complicado, mas com o tempo vc ajeita a sua rotina e o seu orçamento, vc vai ver!

  7. Roberta 09/10/2011 às 12:28

    de volta \o/

  8. Lorena 10/10/2011 às 10:51

    kkkkkkkkk
    por pouco não podes colocar um “Ass. Lorena” no final do teu post.
    Há alguns meses eu trabalhava em casa. Sem rotina, sem chefe no meu pé, totalmente livre de horários e mimimi. Mas eu achava terrível que todo mundo conseguia levantar às 5:00h da manhã, pegar 2, 3, 4 ônibus para ir pro trabalho, voltar às 18:00h, mais 3 ônibus e ainda arrumar a casa, fazer comida, lavar e passar roupa, etc, etc.
    Agora cá estou eu. Empregada, também como gente grande, trabalhando, desde hoje, fora de casa. rs Mas tô feliz, ó. haha
    Também já fiz planos de economias e planejo me mudar em junho do ano que vem.
    É como eu disse, quase podes colocar um “Ass. Lorena” no final do teu post :)

    Sucesso pra você.

  9. Lorena 10/10/2011 às 10:52

    * todo mundo, menos eu, que não conseguia me levantar antes das 10:00.

  10. keka 11/10/2011 às 08:18

    É Bruna, não é fácil pra ninguém, mas com o tempo a gente se acostuma, se bem que não me acostumei até hj… mas td bem, faz parte!! Pelo menos pense pelo lado positivo, vc tem alguém que vai te dar força e te animar e só o fato de vc saber q todo sacrifício é para uma coisa que vale a pena, já é legal! Pra mim ainda falta alguém para compartilhar… mas um dia chego lá!!!

    bjsss
    Bo9a sorte!!

  11. Ariane 11/10/2011 às 13:18

    Yaaaaaaaaaaay. That’s Bruberries, b*tch!!
    You’re back!!!!! Yaaaaaaaay.
    Bjão.

  12. Pamela 14/10/2011 às 18:03

    Ameeeeei esse post! Também vou fazer um desse mesmo tipo lá no blog, pq a vida não ta fácil e ninguém disse que a gente tem que viver feliz com isso né?

    Concordo 100%, não é só pq vc está numa situação que tem que se conformar com ela, tem mais é que fazer de tudo pra que ela seja ao máximo como vc quer. E ninguém disse que isso é rápido nem fácil :P

    Beijos =**

  13. www.youtube.com 13/06/2014 às 10:55

    Ouça em nosso canal no youtube a serie de audios de Louise Hay e mude sua vida. Melhore sua auto estima.