A bola, 11 jogadores e o universo

29 de Outubro de 2008
Esportes. Essa é uma tag que provavelmente não será agraciada com muitos posts! hahaha Porém, hoje é um dia decisivo pro meu time: ganhar ou ganhar do Cruzeiro. A vitória fora de casa e os três pontos serão muito importantes no campeonato e é quase uma garantia de sair campeão.

Na minha família, todos são
gremistas, mas ninguém é fanático. É aquela torcida moderada, sem reuniões na sala pra ver o jogo ou idas ao estádio, e o máximo que me lembro é de sair na rua comemorando com meu pai em 1995, quando o Grêmio foi campeão da Libertadores (*caham* pela segunda vez).

E seria isso se não tivesse conhecido meu namorado, que apesar de catarinense, é o mais maníaco gremista que eu conheço. A partir daí, meu time virou meu maior concorrente. Meu namorado não perde um jogo no estádio desde que veio morar aqui, e também não dispensa ver os jogos de fora pela tv. Assim, eu tô sempre atualizada das coisas futebolísticas e não é muito incomum meu pai ligar e comentar rodadas do campeonato ou perguntar se eu sequei o Inter no último jogo. Mas meu envolvimento emocional, de verdade, é quase zero. Sou tipo uma gremista não praticante hahaha Não consigo sentir a felicidade plena de um gol ou coisas do tipo, por mais que esteja torcendo pro time ganhar.

Enfim, hoje em dia eu também torço de forma não muito praticante pelo Felipão no Chelsea quando vejo jogos do campeonato inglês e gosto de assistir a Copa do Mundo pra gritar “dá-lhe Azurra!”. Mas, definitivamente, eu não sou a melhor pessoa pra falar sobre futebol. Pra quem gosta do assunto, meu namorado e sua trupe da comunidade Futebol Arte é Coisa de Viado criaram o site Futebol Força, atualizado diariamente com textos sobre o maravilhoso mundo da bola nos gramados. Futebol nacional, internacional, histórias antigas, livros lançados. O site tá bem legal e o header fui eu que fiz! hahaha

E vocês, torcem pra algum time? De verdade ou não “praticantes”? hahaha

Beeeijos! ;)

Querido mensalista…

25 de Outubro de 2008
Porque hoje eu acordei querendo fazer um post diarinho, ou, no caso do Bruberries, mensalista hahaha Porque o blog é meu e eu amo dar dicas e comentar as coisas, mas também tenho uma vida. Ou pelo menos algo parecido!
Ultimamente, o que tenho feito? As aulas na PUC estão mais tranquilas. Já conheci pessoas, apesar de ficar bem perdida nos intervalos e torcer para não tê-los em troca de sair mais cedo. Já me adaptei aos trabalhos, tirei 10 numa prova e uns 9,0 em matérias (pra quem começou tirando 6,0…) e era isso! A matéria mais legal tem sido Ciência Política e Fotojornalismo, onde posso trazer câmera pra casa, tirar mil fotos e me achar A_Imprensa em pessoa. Falando nisso, a pauta de foto dessa semana foi política, e ontem eu fui na Caminhada pela Vitória da candidata do PT aqui de Porto Alegre, a Maria do Rosário. (detalhe: eu não voto nela e não gosto do PT.) Mas as fotos ficaram legais!


Também tenho vários filmes atrasados pra comentar: Antes só do que mal casado, Como perder um homem em 10 dias, Diários de Motocicleta, Hellboy II, O mesmo amor a mesma chuva, Albergue Espanhol, Amigos, amigos, mulheres à parte, Saneamento básico, Antes do amanhecer e são os que eu lembro. Como são muitos, vou comentar só os que se destacaram, na minha opinião, e merecem comentários (clique nos títulos pra ver os trailers).

Diários de Motocicleta

Bom, eu adorei esse filme. Primeiro, por causa do Gael. Ele é fofo, ele é mexicano, ele é um ótimo ator. Como não gostar dele? (L) Segundo, pela viagem.. é atrapalhada, cheia de imprevistos, mas é o começo da relação povo+Che. Aliás, Che é o terceiro motivo. As cenas do hospital de leprosos são muito comoventes e você sente o clima humanitário do Che.

Albergue espanhol

Tinha sido uma dica já da minha amiga Lorys e também do meu melhor amigo. Bom, eu esperava um filme mais romântico, e o que mais se destacou pra mim foi o quanto é legal chegar num lugar desconhecido, com pessoas super diferentes e criar um grupo. A união, mesmo com as dificuldades de se viver numa república de estudantes. Adorei mesmo! E a reflexão do personagem principal também é muito interessante… Agora resta assistir a seqüência: Bonecas Russas.

Amigos, amigos, mulheres à parte

Fazia tempo que não ia no cinema ver comédia. Particularmente, adoro! Aquela reunião de risadas altas do pessoal na poltrona de trás não tem igual! Mas só quando o filme realmente merece esses ataques coletivos, o que é o caso desse filme. Ok, eu já vi muitas apresentações do Dane Cook pelos Youtube’s da vida e no SNL, mas no filme ele tá perfeito pro papel. Cachorro, engraçado, exagerado e ao mesmo tempo faz você torcer por ele!! Outro que rouba cenas é o Alec Baldwin, mas ele dispensa apresentações. Adorava ver 30 Rock com ele! *____* Enfim, é muito engraçado!

Outra coisa que tem participado da minha vidinha, suuuper legal, é meu tratamento de Hipoglicemia. Continuo não podendo comer quase nada, tendo uns ataques de pânico de vez em quando, mas conforme os últimos exames, meu índice de insulina já está beeeem mais normal. No primeiro tava em 32, quando o máximo da faixa de referência é 25, e agora com todos os remédios, a dieta e seis meses depois tá em 16. Preciso continuar observando. A única coisa que continua é o stress crônico, que ao contrário da insulina, só aumenta. =( Sei que precisaria fazer exercícios físicos pra melhorar um pouco isso, mas não tenho a mínima vontade. Vou ver o que minha médica tem a dizer na próxima consulta.

Acho que era isso! Próximo post voltamos com a programação normal! haha Beeeijos!

Get back to where you once belonged

17 de Outubro de 2008

Prepare-se para um post gigante. Ou não, pois ainda não sei no que isso vai dar hehehe

Bom, coloque aqui um texto sobre como a moda vai e volta de forma cíclica, relembre alguns posts meus sobre o assunto e vamos pular a introdução de enrolação! =)

Tudo a ver com o post, queria falar sobre um site muito bacana que é o Fashion Retro. Ele mostra a moda dos anos 20 aos anos 70 para você acompanhar os estilos, as tendências, as cafonices e as ótimas idéias que já foram feitas (e que talvez hoje possam parecer novidade, mas não é!). O site separa tudo por categorias, mas o que eu mais achei legal foi a àrea de comparação que mostra um vestido Dior de 1957 e um Dior de 2006, vestido pela Reese Whiterspoon no Oscar.

Clássicos nunca saem de moda

Mas, indo direto ao ponto, acho que a “era congelada de moda” que eu mais gosto é a vintage/retrô/pin up. Me identifico muito, queria ter nascido nos anos 50 e toda aquela coisa. Acho que atualmente, muitas cantoras têm assumido o estilo até mesmo pelo ritmo musical estar interligado, como a Amy Whinehouse e a Lily Allen. Mas a maior representante é a cantora e compositora estaduniense Katy Perry, a nova queridinha da América.

Eu busquei também algumas roupas pra comentar, mas pra não ficar falando de cada loja em especial, eu fiz uma seleção de coisinhas fofas e seguindo a tendência:

1 – Sapato de bolinhas da coleção Misha Barton (?) da Cravo e Canela. Eu comprei. Eu quero mais. São muitos sapatos lindos, se não fosse um precinho tão salgado eu teria um de cada cor. O objetivo atual é um rosa nesse mesmo estilo.

2 – Sapato estilo pin up bicolor da loja gringa Retro Cuties. Além de sapatos, eles têm vestidinhos, saias, blusas lindas e camisetas com as bonequinhas do site.

3 – Sapato drag queen+pin up super diferente que eu e a Key (aliás, uma pin up fan como eu) vimos, também da Cravo e Canela, mas dessa vez a coleção é Mumbai (??).

4 – Camisetinhas da Marisa. Aliás, a Marisa anda ótima ultimamente, talvez por isso os preços subiram um pouquinho. Enfim, é uma mistura de retrô + geek, eu adoro.

5 – Tá, esse short não é de nenhum lugar específico, mas só coloquei pra ilustrar a cintura alta. Vi vários na C&A.

6 – Uma das várias blusinhas lindas que tem no site inglês Dollydagger. Na verdade, achei esse site enquanto tava fazendo o post e procurando pelas peças e me apaixonei. Uma pena que os preços todos são em libras, o que deixa as blusinhas muito caras pro meu gosto! =(

E vocês, o que acham? De qual década vocês preferem o estilo? Beeijos! ;)

Bruna In Dica

10 de Outubro de 2008
Eu nem comentei aqui, mas a Cih tinha feito um mini concurso no blog dela, e eu fui uma das ganhadoras! Eeeee! Era pra responder “O que é ser colorida para você?” e eu respondi “Ser colorida é conseguir enxergar todas as cores que a vida tem!” Aí a Cih me mandou uma cartinha com mimos, super fofa! Eu adorei!
A Cih também me indicou pra um meme de voz suuper legal! Mas vai ficar pra outro post porque eu tenho coisas atrasadas pra escrever, não falar! hahaha

Primeiro, uma dica de programa muito legal. Tá, eu não sou muito adepta da tecnologia, tirando meu computador. Só tenho um mp3 porque meu namorado me deu, e esse ano. Só troco de celular quando ele me dá problemas sérios, fato. Odeio comprar algo de última geração e daqui um mês ouvir que ele já era. Então essa coisa de televisão e filmes no computador não me cativou ainda. Maaaas, estava eu procurando meus programas pra colocar no site da Digerati Downloads, quando baixei o Cine Turbo. Gente, o programa é muito massa! Além de pegar alguns canais de tv aberta e fechada (tipo Cartoon, Band, ESPN e MTV, você tem a disposição um catálogo de filmes, novos e antigos, para ver sem precisar baixar. É, isso mesmo! Não tem que ficar esperando, no máximo em 10 minutos o filme já carregou pra começar direitinho. Como o site é relativamente novo, não tem muuuitas opções de filmes, mas a lista já conta com sucessos como Wall-E, Kung Fu Panda, Curtinho a vida adoidado, Em busca da terra do nunca, O pianista, e muitos outros! Vou dizer uma coisa, a qualidade da imagem não é lá grandes coisas.. mas eu achei muito divertido pra quando você está de bobeira ou quer ficar ouvindo algum canal enquanto trabalha ou navega na internet.

Outra coisa legal é a Coleção Cinemateca Veja! São 50 filmes em DVD que vão ser lançados pela revista com um livrinho de curiosidades e informações por apenas R$ 13,90 ou R$ 9,90+revista. E tem uns filmes muito bons na coleção, como Monty Phyton – O sentido da vida, Edward Mãos de Tesoura, Apocalypse Now, Fale com Ela, Pulp Fiction, Sociedade dos Poetas Mortos e outros filmaços!

E ainda falando de cinema, mas dessa vez uma dica que só vale só pros gaúchos! Começa hoje o Festival de Cinema de Porto Alegre 2008, com 98 filmes, 70 sessões e sete mostras. As exibições serão no Santander Cultural, na sala PF Gastal do Gasômetro e nas faculdades ESPM, PUC e ULBRA. O festival tem abertura hoje às 17h no LOUNGE CEN, 3º andar do Gasômetro, e vai até sexta-feira que vem, dia 17 de Outubro. Boa oportunidade pros cinéfilos de plantão ou pra quem adora curtas!

Beeeijos e bom dia das crianças! =)

Vote consciente

4 de Outubro de 2008
Tá, eu sei que esse é mais um daqueles posts que eu considero importantes e úteis no blog, mas que ninguém comenta ou dá bola porque o assunto é “chato” ou sério demais.

Porque diversos escândalos fizeram com que a imagem da política perante a população se tornasse uma piada. Porque a corrupção, a falta de reação das pessoas e os altos salários transformaram a política em uma oportunidade de carreira e garantia de vida fácil, e não mais de luta pelos ideais de uma cidade, estado ou país! Se conformar soluciona? Fico triste de ver quem generaliza candidatos por esses fatores, quem desacredita numa melhora aceitando todos serem iguais, quem cultiva implicâncias contra partidos e candidatos pelas imagens e campanhas e não se informa sobre as propostas de governo de cada um. E a bola de neve só continua.

O horário eleitoral não está apenas atrasando a nossa novela. Ele está nos dando chance de escolha, para parar e ouvir, já que por si só ninguém vai atrás. Reclamar depois é bem mais fácil, não é?

Hoje em dia, candidatos a vereadores é o que não falta. É gente famosa se candidatando, gente que mal sabe falar seu próprio nome no espaço eleitoral, personagens caricatos. Mas você sabe, realmente, para o que essas pessoas estão (ou deveriam estar) se candidatando para fazer? O vereador é aquele que cria leis municipais e é responsável por fiscalizar as ações da Prefeitura. Sabe quando surgem aquelas leis absurdas que te atingem e aí alguém cria uma petição ou abaixo-assinado para que ela não seja aprovada? Pois é, são os vereadores que votam e aprovam ou não os projetos de leis. Então, pense bem. Não vote no “conhecido”, no “tio do amigo” ou no cantor de pagode. Vote em quem você realmente acredita que vai fazer algo, seja para sua área profissional, seja pelo seu bairro, seja pelo bom senso de não aprovar leis sem noção.

Eu não vou ser hipócrita.. eu acho que também poderia acompanhar bem mais, e já houve um tempo em que política não me interessava. Por uma razão qualquer, ou por se interessar mais pela sociedade, sei lá, eu passei a querer saber mais desse assunto, porque só reclamar é pior. Não sei se todo o post serve como dica, porque temos fases, e por mais que se fale, às vezes a gente simplesmente não quer saber ou não escuta.