O que eu ando fazendo?

15 de Julho de 2009

Quem me segue no Twitter já sabe a resposta: VÍDEOS. Nos últimos dois meses é o que eu tenho feito e acho que descobri uma nova função pro cérebro que vos escreve. Tenho me dado bem criando stopmotion, é no mínimo divertido.

Esse post é pra atualizar quem ainda não viu e falar sobre as curiosidades durante o processo de produção de cada um deles – e também o porquê deles terem sido feitos. Pois é, eu não sou uma desocupada criativa que inventa de fazer 3 vídeos de um dia pro outro. Todos eles são trabalhos do curso que eu tô fazendo na Perestroika (ainda tô devendo um post só pro curso) e valem estágios em 3 lugares diferentes. Como vocês devem saber do meu draminha pessoal (peguem seus lencinhos), um estágio salvaria minha vida, então o que a gente faz? SE PUXA.

1/3 de tudo que você consome vai direto para o lixo – Já tinha postado ele aqui. Foi o primeiro vídeo que eu fiz e a idéia era “viralizar” a informação da Akatu. Bom, acho que deu certo né? Hoje ele tá com 11.000 views depois de pouco mais de um mês no ar. Minha estratégia não foi para a divulgação, e sim pro conceito do vídeo: algo que fosse legal e que as pessoas passassem adiante por conta própria, sem que eu tivesse que ficar fazendo coisas mirabolantes pra conseguir visualizações. Tive muito apoio dos meus visitantes do blog, do pessoal do Twitter e das gurias do TDB! Um baita obrigada pra todos vocês! =) Como ele foi feito? Bom, pros mais curiosos, eu fiz um video case que tá lá no YouTube pra quem quiser assistir e ver minhas caras idiotas.

Mínima – Menos é Mais

Foi um vídeo pra produtora de vídeos Mínima com o tema menos é mais. Pra não cair na vala comum de pensar nas compensações de menos é mais, pensei em fazer algo que significasse “o simples pode ser legal e bonito” ou então “o que você pode fazer tendo pouco”. A história de um boneco palito preso num guardanapo pareceu a coisa mais simples que eu podia fazer. E apesar da execução ter sido um pouco controversa ao conceito, já que usei 105 fotos pra fazer um stopmotion do bonequinho e deu trabalho, eu consegui terminar em 2 dias. Pra fazer aquela tomada filmando de cima: usei duas vassouras apoiadas nas minhas caixas de som e coloquei a câmera no meio. Fikdik! hahaha

Adivinhe quem vem para jantar?

O mais novo dos vídeos, foi postado ainda essa semana no YouTube e já tem 1.000 visualizações. Era pra escolher um dos vídeos feitos pela DCS e refazer numa versão stopmotion. Mais uma vez, pra não fazer algo comum de Lego, massinha ou desenho, decidimos mudar também o conceito do vídeo, transformando ele numa versão trash e macabra, digna de ensopados do Dr. Lecter. Com aquele gostinho humano! hahaha Tá bem sinistro, mas eu adorei o resultado. O vídeo original é esse aqui. Essa foi uma parceria com meu melhor amigo Lucas, que deu a idéia e eu, como boa freak, topei na hora fazer em conjunto. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, nada do vídeo é de verdade! Tudo foi feito com massa de biscuit pelas mãos mágicas do Lucas, da Nana (irmã dele), do namorado dela e pelas minhas também hahaha De lembrancinha pros profs, deixaremos algo bem fofo huhuhu

Agora é torcer pelos estágios e, quem sabe, eu me animo a fazer vídeos por conta própria e continuo com o hobbie que a Perestroika plantou em mim? Acho válido! hehe

Repense sua rotina.

1 de Junho de 2009

Vocês sabiam que 1/3 de tudo aquilo que a gente compra vai direto pro lixo? Pois é… eu não sabia. E confesso que se não fosse me dado um trabalho pra ser feito no curso que estou fazendo lá na Perestroika (eu sei que tô meio ausente no blog, mas ainda vou fazer um post pro curso), eu provavelmente não ficaria sabendo disso tão cedo. Os dados são do Instituto Akatu, uma ONG que preza pelo consumo consciente. Acha todo esse blá blá blá de sustentabilidade e consciência ambiental bullshit? Tudo bem, então tente pensar que além de produtos, você está também jogando dinheiro fora. E, opa lelê! Não é exatamente sobre isso que o pessoal tanto reclama hoje em dia? Então… repense. Como eu adoro ilustrar todas as minhas idéias, dessa vez não poderia ser diferente. Encarnei O Exército de um Homem Só e pensei, atuei, produzi e editei um vídeo pra passar a mensagem adiante, e agora eu conto com a ajuda dos leitores desse humilde bloguinho para sairem por aí espalhando a informação mundo afora. Are you ready?? Só vou pedir uma coisinha: VEJAM EM TELA CHEIA, senão perde um pouco a intenção.

Ajude a divulgar essa idéia! Poste, twitte, comente com seus amigos! =)