O segredo do sucesso

4 de Fevereiro de 2009

Esqueça Roberto Shinyashiki. Esqueça “O Segredo”. É este post que vai mudar a sua vida.

Digamos que eu tenha uma certa experiência em não ser aprovada em entrevistas e dinâmicas em grupo, então sei exatamente do que estou falando. Eu conheço as manhas dos vencedores. Eu apenas não quero ser idiota como eles. Mas sempre tem quem queira, então vamos lá!

A primeira coisa é prestar atenção na sua forma de vestir. Jamais use as roupas que você esteja acostumado. Use aquilo que achar que é o padrão para aquela vaga. Lembre-se: para muitos, roupa não significa personalidade, é apenas um jeito de não deixar você trabalhar a vontade, ou seja, nu.

Outra coisa muito valorizada é a sua experiência no exterior. É fundamental, eu diria. O quê exatamente você fez lá, não importa. Nem se preocupe com isso. Tenha orgulho de ter passado alguns meses matando cachorro a grito dentro de uma fantasia de rato gigante com luvas brancas num grande parque temático dos Estados Unidos pra não ter que dar o coo na praça. Ou qualquer outra coisa que, aqui no Brasil, você cuspiria na cara de quem te oferecesse. Claro, aqui não pode, é humilhação. Mas pisou fora do território nacional, já é experiência de vida. Lembre-se: você suou e amadureceu muito abanando pra crianças e fazendo o Mickey na Disney, e agora não é qualquer formado querendo crescer na vida que vai tirar a sua vaga. Força nas orelhas!

Por fim, dê uma voltinha pelo Orkut e decore frases de efeito, que demonstrem toda a sua personalidade em poucas palavras e as tenha como lema de vida. Exemplos: “críticas não me abalam, elogios não me elevam, sou o que sou não o que dizem“, “sua inveja só aumenta meu sucesso” ou ainda frase estilo vídeo de Big Brother: “sou uma pessoa guerreira e quando quero uma coisa, eu vou atrás até conseguir”.

Semi baseado em fatos reais.

É. Tô procurando emprego. E sem a mínima vontade de fazer entrevistas.

Revoltz.