Instagram Slider

  • Cittadella Cittadella Perch sei tanto bella?
  • Parceirinho
  • Esperando os white walkers cruzarem as montanhas
  • Bologna por um dia
  • Ontem comeou a temporada do Mercatino di Natale! Vai athellip
  • Tumblr girl
  • Messy hair dont care

Retrospectiva whatever

05/04/2011

looking back

Sempre dizem que a vida tem altos e baixos. Bom, o que quase ninguém sabe é que muitas vezes esses altos e baixos acontecem num espaço muito curto de tempo, fazendo de sua vida um louco filme de David Lynch com Fellini. Foi o que aconteceu comigo, virando tudo do avesso, me deixando sem saber como contar todas essas mudanças aqui no blog. Pois bem, depois de ver muitos filmes que não foram compartilhados aqui, séries, viagens e acontecimentos, meses em que ando me remoendo por ter excluído o blog da minha vida atual, resolvi fazer uma retrospectiva geral para quem ainda quiser continuar me acompanhando, ou começar daqui pra frente! ;)

É como naquela mágica em que entra uma mulher na cabide preta e depois de 3 voltinhas sai outra completamente diferente. Bom, minha vida deu umas 20 voltinhas.

Em junho do ano passado, um dia antes do Dia dos Namorados, terminava meu namoro de quase 6 anos. Uma surpresa para muitos, até mesmo pra mim que, mesmo fazendo parte da cúpula de decisão, passei por muitos dias usando óculos escuros no trabalho, movendo pastas e arquivos para CD’s e estranhando a falta da aliança no meu anelar direito. Era tipo assim: na segunda achava que ia morrer, na terça de manhã sabia que todo mundo já passou por isso algum dia, na terça de noite saía com a amiga pra comprar roupas, no almoço de quarta chorava, na janta de quarta eu tinha certeza de que tinha sido melhor assim e tudo estava superado. E assim sucessivamente.

Em julho eu comecei a namorar de novo. Peraí, outra pessoa, ok? E com todas as coisas boas de um amor novinho em folha, me vieram vários sentimentos de culpa. Todo mundo me disse pra dar um tempo, autoconhecimento e aquela coisa toda. Meus vizinhos não iam estranhar? Meus amigos? Meu vô que mora na praia? E aquele garçom do restaurante que eu sempre ia? Mãe, sou puta?

Em vão… e que estranhem! Está tudo bem claro na letra de Eduardo e Mônica, e agora pra quem eu devo satisfações? Logo tudo ficou bem e essas paranóias sumiram da minha cabeça e eu comecei a aproveitar melhor as tardes na Redenção, viagem pra São Paulo, um final de semana em Torres.

E a coisa toda era tão intensa que bastaram apenas algumas semanas até eu sair de casa e ir morar com o namorado. Pois é, eu sei, já ouvi várias histórias parecidas. A pessoa namora há 10 anos, acaba, conhece alguém e em 3 meses eles estão casados morando em Curitiba com um canário chamado Jorge.

A saída de casa não foi fácil. Digo, foi aos poucos. Meus sapatos, por exemplo, vieram em pares. Algumas das minhas coisas nunca vieram. Teve a história da dona de casa, mas principalmente teve minha separação com minha mãe depois de 24 anos. Não usei óculos escuros, mas foi mais difícil e doloroso do que acabar um namoro.

Como se não fosse o suficiente, uns dois meses depois de ter saído de casa meu cachorro, o Chico, que morava conosco há 15 anos e esteve comigo durante todas as passagens marcantes da minha vida, ficou com câncer. O que eu vou dizer, ele tinha 15 anos. É óbvio que a gente esperava que logo fosse acontecer alguma merda. Mas minha mãe não quis ver ele definhar, e assim que começaram alguns probleminhas ela tomou a imensa coragem de sacrificar ele. Como definir? Hoje, meio ano depois, eu sonhei que ele não tinha morrido e na verdade tava escondido ali atrás do sofá na sala e acordei chorando.

Aí em outubro eu ganhei uma viagem para Las Vegas numa promoção do blog da Cravo & Canela. Vocês, hein? Sempre mudando minha vida de formas que nem imaginam. Foi uma bela surpresa que ainda não aconteceu, pois marcar um visto pra visitar a terra do Tio Sam é bem complicadinho e só na semana passada eu fui ao Rio de Janeiro comparecer ao Consulado. Mas agora que consegui, em breve vocês verão fotinhos minhas em Cassinos, hotéis e casando com Elvis por aqui e no Twitter!

Um tempo depois, eu pedi demissão do meu trabalho. Sabe, trabalhar é complicado, pessoas são complicadas, mas clientes merecem dormir em um travesseiro cheio de bosta e pus que exploda no meio da noite. Alguns. Nunca os meus atuais. E publicidade, o que dizer? Simplesmente não é possível dissociar pessoas, trabalho e feudalismo no atual sistema em que nos encontramos. Mas não, eu não decidi largar tudo e viver o sonho de infância que é ser detetive particular. Eu apenas me tornei freelance e montei meu portfolio. Tive uma idéia de projeto pessoal e agora estou prester a ter ela realizada em nível nacional graças aos amigos da Pulga.

Durante o verão, eu e o Rafael decidimos que não íamos mais jogar dinheiro fora vivendo de aluguel, e pegamos um financiamento na Caixa pra comprar um apartamento. Foi uma longa busca, entre um banheiro ridículo de 1m², muitas paredes na cara, coberturas que pareciam um sonho e o nosso apartamento novo. É animador, é assustador, às vezes quero ir embora pra Buenos Aires ou Londres e deixar o apê alugando, às vezes quero me mudar logo e comprar dezenas de coisas na Tok&Stok, às vezes visito o site Home Exchange e lembro de como a Cameron Diaz parecia feliz da vida naquele chalé com o Jude Law. A verdade é que o proprietário só vai sair de lá em outubro, embora já esteja com todo meu dinheiro dos fundos de investimento nas mãos, então provavelmente esses pensamentos ainda vão rodar muito pela minha cabeça.

E em março, descobri que tenho uma irmã gêmea rica no México. Porém ela morreu de uma doença galopante antes que pudesse me contar quem era nosso verdadeiro pai. Não riam, PODIA TER ACONTECIDO, ok? E a essa altura eu estaria morando em uma casa que Ana Maria Braga me deu de presente, vizinha das mães que tiveram os filhos trocados.

No fim das contas, foda-se o filtro solar. Na maioria das vezes vamos ter esquecido dele em algum lugar onde ficam as coisas usadas em apenas uma época do ano, junto a luvas, patins, rímel azul, velas e aquele telefone que você procurou pela casa toda e nunca achou quando precisava. Porque não existem conselhos que vão fazer as coisas serem diferentes das que estão destinadas a acontecer com você. Elas simplesmente acontecem, você nunca está preparado. Você cai, levanta e ainda precisa dizer em voz alta que tem um novo objetivo. Você começa do zero uma porção de vezes, e em metade delas vai ter jurado que não ia fazer isso de novo. Você tem medos e sonhos com 20, e também com 60 anos. E eu estou de volta a esse fucking blog.

Compartilhar:
Post Anterior Próximo Post

Poderá gostar também:

41 Comentários

  • Fran

    Engraçado ando tão estranha ultimamente.
    Até meu sentimento ao ler seu post foi estranho.
    Uma vontade que minha vida também tenha várias reviravoltas, mesmo que eu tenha que chorar com algumas mudanças…

    Muito estranho… hahahaha.

    Mas tenha certeza que tudo dará certo em qualquer rumo que sua vida tomar!
    Que Deus te abençõe

    05/04/2011 at 15:37 Reply
  • Aline Sena

    Não te admiro a toa Bruna. A vida da voltas mesmo, e não importa quantas vezes vc caiu, contanto que tenha levantado em todas elas. Que nem aqueles herois chatos de filme! :)
    Um pena não nos encontrarmos por terras cariocas, mas fica pra uma próxima. Tenho certeza de que dará tudo certo nesse novo caminho que vc escolheu ( e no que foi imposto tb!).
    Bjs!

    05/04/2011 at 15:51 Reply
  • Aline Sena

    Porra eu sou VIP nos comentários?! :D
    Que moral! haha

    05/04/2011 at 15:52 Reply
  • Ana

    caramba, MUITA mudança, hein?
    Mas pelo visto todas elas só te levaram à uma coisa: ser uma pessoa mais feliz. :)

    05/04/2011 at 16:07 Reply
  • Camila

    Incrível! Boa sorte no novo emprego, namoro… na vida, né? Beijos!

    05/04/2011 at 16:15 Reply
  • Lusinha

    Então bem vinda novamente Bru.
    Realmente, foram muitas coisas novas acontecendo e às vezes não dá tempo de processar tudo.
    Bjitos!

    05/04/2011 at 20:46 Reply
  • André

    Bem vinda de volta! E Boa Sorte hein! Muitas mudanças… Mas certamente tudo vai prosperar! Estamos sempre na torcida!

    06/04/2011 at 09:59 Reply
  • mari

    Uauuu quanta mudança! Oque importa é que foram mudanças boas, então sempre é bom. Boa sorte pra vc, no namoro novo, no trabalho novo… confie em ti que vai dar tudo certo.
    Beijocas

    06/04/2011 at 18:33 Reply
  • Vivi Alcalde

    Bru, finalmente voltou! Senti falta dos seus textos. Como muitas que comentaram, também te admiro, e vc sempre faz jus a isso.

    E quer saber? Vc tá linda nessa sua nova vida. Parece estar renovada, feliz e madura.

    Beijão!

    06/04/2011 at 23:53 Reply
  • Paola Lay

    Fiquei triste por não ter acompanhado essas mudanças. Ou melhor, por ter acompanhado depois de um tempo desgraçado, e só pelo blog.

    Mais do que uma simples entrevistada de TCC, te considero uma amiga. Uma amiga distante, mas uma amiga. Tu roubou minha coca-cola no segundo dia de aula, na ESPM. Rah!

    Reviravoltas fazem bem, Bru. Fiquei MUITO triste pelo Chico, quase chorei junto.

    Conta comigo. De verdade. Se quiser, liga, manda e-mail, vem almoçar comigo aqui no centro, qualquer coisa. Não digo isso pra qualquer pessoa, digo isso pra pessoas mais do que especiais. Sou antissocial, lembra? :)

    Beijo.

    07/04/2011 at 16:26 Reply
  • Barbara

    Digo sem medo de ser gay: que saudade!! :p
    Eu nem te conheço, mas desde que vim parar nesse blog eu me viciei.
    Desde que você postou seu último post (o da Blythe Panda) eu não parava de vir aqui atualizar pra ver se você tinha postado algo. Às vezes achava que tinha acontecido algo, outras achei que foi um descaso. E quando chego hoje, voilà (!) você ressurgiu!! E tocou na minha ferida.
    Namorei por um bom tempo com um cara. Certo dia vi que não dava mais e terminei. Conheci uma pessoa 1 semana depois e já engatei outro relacionamento, e pensei exatamente o que você escreveu “mãe, sou puta?” hahaha!
    Senti uma dor no coração ao ler que seu relacionamento tinha terminado, mas acabei de ler o post com um sorriso estampado no rosto.
    Te adoro!

    Da psicopata, gay (não lésbica), que-sabe-tudo-da-sua-vida-mas-a-culpa-é sua-porque-você-que-conta,
    Bárbara.

    07/04/2011 at 21:01 Reply
  • Debora Mariano

    Bem viinda de volta, Bru… E que todas as reviravoltas que ainda estão por vir sejam, de alguma maneira, positivas..

    Beijo grande!
    Deh
    @donadebora

    08/04/2011 at 16:39 Reply
  • Key

    Peraê que eu tô processando… PERAE VC CASOU?
    OMG!!!
    Bru, eu sempre digo que minha vida dá super voltas, e talvez por isso nós temos a visão que temos das coisas. Nada fica parado, não temos medo de arriscar (até temos, mas nada que nos faça desistir, né?).
    Eu fico feliz pelas tuas boas mudanças, e assim como vc, emendei um relacionamento no outro, me “juntei” (e em tempo record: 2 semanas!). E foi ótimo, viu? Acho que temos mais chances de sermos felizes do que quem não arrisca…
    beijos!

    08/04/2011 at 18:58 Reply
  • NIcas

    Meu deus, coisa demais! Acho que nem deu tempo te processar tudo!

    Namorei 3 anos, sempre (sempre!) querendo casar, e assim como você, sempre ouvi histórias de casais que namoram tudo isso, um deles conhece alguém super rápido e já ficam juntos de vez. Agora ue nós terminamos, fico muito sensível com histórias como a sua, tenho medo de depois de tantos sonhos frustrados ele vá realizar tudo com outra pessoa. Mas ouvir o seu lado da história me fez bem, ver que você também ficou com dúvidas, que passou por julgamentos, mas que as coisas seguiram em frente. Foi um belo post.

    Bem vinda de volta!

    09/04/2011 at 13:37 Reply
  • Deby

    Nossa, quanta coisa.. em menos de um ano hein?! Mas a vida é assim mesmo, às vezes passa por vários anos sem nenhum acontecimento de extraordinário e de repente, puft! Tudo muda! As suas mudanças pelo que vi foram boas, algumas coisas de ruim vieram, pra outras boas chegarem e que sortuda você.. ganhar um viagem pra Las Vegas? OMG :O Tem previsão pra viagem??

    Bem-vinda de bolta ;)
    Beijo!

    10/04/2011 at 13:16 Reply
  • Roupas

    Vida sempre é assim mesmo, tudo passa rápido e nem pede licença pra acontecer,a gente que se vire! Também terminei recentemente um namoro e a técnicas de ir em lojas roupas sempre funciona pra animar um pouco…mas acho que no meu caso vai demorar maior tempo pra curar! Boa sorte e boa viagem pra vc!

    11/04/2011 at 07:23 Reply
  • Noivas

    Que mudança enorme de situação hem!! Mas essas mudanças são as que nos fazem mais fortes. Eu estive já numa situação parecida com a sua (no caso do namoro) e agora estou noiva e muito feliz! Aproveite seu novo amor!

    12/04/2011 at 05:08 Reply
  • Ariane

    Simplesmente amei cada palavrinha escrita por vc, Bru. Precisava ler algo assim. Aliás, eu preciso escrever um post do mesmo gênero em breve, mas antes qro colocar meus pensamentos e sentimentos no lugar….aliás, qro mudá-los de lugar. Detesto mesmice, hehehe.
    Mas mais feliz ainda fiquei em ver q vc voltou pro mundo virtual. Welcome back, dear!!!
    Bjão.

    12/04/2011 at 14:16 Reply
  • Bebe

    Uau, seu post parece um seriado em alta velocidade! Que bom que você está se adaptando a todas essas mudanças. são necessárias também, né. eu também estou passando uma fase de filme, indo de loja bebe em loja, tar grávida não é facil não! beijo e tudo de bom pra vc!

    13/04/2011 at 05:36 Reply
  • Angélica

    Eu só tenho uma coisa a dizer: não fique brava com o fucking blog porque, graças a ele cheguei até o Bruberries, ok?! >__<

    15/04/2011 at 00:08 Reply
  • Fernanda

    Minha vida tb deu uma reviravolta do dia pra noite. Em um dia era casada há 7 anos e no outro estava na casa de meus pais e grávida. A vida é fantástica e não, não existe rotina.

    15/04/2011 at 08:56 Reply
  • Thais

    Eie! Esse definitivamente foi um dos melhores posts que eu li nos ultimos tempos. Bem, acho que vc n fez nada errado, a vida realmente dá voltas e a gente tem que agarrar cada oportunidade. Nesse ano que passou também ja me perguntei algo do tipo ‘mãe, sou puta?’, já briguei com muita gente, desfiz amizades de anos a fio, tenho o emprego que eu pedi a Deus, encontrei o amor da minha vida e não arrependo de nada. A vida é assim, nos surpreendendo a cada momento, mas assim que é bom porque não perde a monotonia!
    Desejo mt felicidades a vcs e depois mostra a casa nova pra gente!
    Beijos

    17/04/2011 at 18:02 Reply
  • Vestidos de Casamento

    Nossa, cada um tem sua história mesmo, né…a gente sempre acha que nossa vida é louca mas afinal tem mais gente assim. Minha irmã estava já procurando vestido de casamento quando o noivo decidiu terminar…foi maior choque! mas o que não mata a gente nos torna mais fortes!

    18/04/2011 at 08:08 Reply
  • Thais

    Nossa, quanta coisa diferente! Mas tá dando tudo certo, né? Que bom, o importante é ser feliz!!! =D

    18/04/2011 at 20:39 Reply
  • Vestidos Noiva

    Esse seu post me deu um arrepio na barriga! Quanta coisa pode se mudar e nos mudar! mas é bom poder mudar de vez em quando, olha só quantas pessoas já não tinham vestidos noiva e depois termianaram! deve ser complicado but the show must go on! boa sorte pra vc!

    20/04/2011 at 06:57 Reply
  • Roupa Meninos

    Esse post me impressionou, me deu coragem também pra tocar minha vida pra frente! tou passando uma fase meio linda e dificil, me adptando a ser mãe, não olhando sites de moda feminina mas de roupa meninos, enfim…aprendendo em colocar o filho em primeiro lugar! mta força para você!

    26/04/2011 at 06:01 Reply
  • Tereza

    Nossa, perdi o fôlego. Vou ali respirar, digerir e ja volto pra comentar melhor. ahaha
    Mudanças sao mesmo tudo de bom.

    26/04/2011 at 14:38 Reply
  • Casacos

    as vezes as coisas mudam tão rápido que a gente nem sabe direito o que fazer ou não fazer, fica cheia de insegurança. mas a vida não espera pra gente aprender a lidar com novas situações né…então que bom que vc deu a volta por cima e boa sorte pra vc!

    03/05/2011 at 07:48 Reply
  • Juh

    Até que enfim ainda existem blogs que são usados para os fins que tradicionalmente foram criados…falar de algo pessoal e não uma central de concurso e catálogo de compras!
    Parabéns pela coragem e pelas mudanças!

    03/05/2011 at 10:52 Reply
  • Moleton

    Gostei de quando você fala de sua irmã gêmea no México…brincadeira! muita força pra vc e vê se vem atualizar contando mais coisas pra gente! beijo

    04/05/2011 at 04:47 Reply
  • Natalia

    Se eu não soubesse que é um blog pessoal baseado em fatos reais, certamente diria que é roteiro de filme. Muito bom!

    Beijo.

    06/05/2011 at 09:08 Reply
  • Calçados

    A mudanças são sempre bem vindas!
    Precisamos, virar a pagina, bater a poera do tapete ou seja, encerrar capítulos em nossas vidas!

    09/05/2011 at 06:49 Reply
  • Roupas

    Olha eu agora estou querendo saber qual a continuação de sua história, não deixa de escrever não, tá!
    Beijo.

    10/05/2011 at 04:55 Reply
  • Roupa Masculina

    Hual muitas mudanças!!! Mas pelo vistos mudanças boas!!! Isso que importa!

    12/05/2011 at 05:37 Reply
  • Loma

    Alguém conseguiu expressar todos os medos e anseios que senti ao romper um relacionamento de 4 anos e começar um no mês seguinte! HAHAHAHA Adorei que você tá de volta, adorei tudo o que aconteceu (exceto o cachorro… descobrimos agora que a cachorra da família do meu namorado morreu e foi um chororô danado) – mas olha, não siga receitas! É nessas reviravoltas da vida que descobrimos nossa felicidade! Boa sorte com o freelance, sua corajosa! ;P

    17/05/2011 at 21:46 Reply
  • Juhjuh

    Hey Bru,adorei o texto,adorei também que vc voltou ao blog, gosto muito daqui
    beijao

    25/05/2011 at 17:56 Reply
  • Roupa Homem

    Sabe que fiquei feliz quando li seu post!!! Está é a verdadeira magia da vida, sem essas mudanças, essas voltas não teria tanta graça! Tenha uma ótima semana!

    31/05/2011 at 07:38 Reply
  • Jess

    nossa… qta coisa!! Mas o legal da vida é isso né? apesar dos altos e baixos, agente nunca sabe o que ela nos reserva!!

    04/06/2011 at 21:41 Reply
  • Laísa

    Ok, eu adorei este blog.
    Parabéns!

    09/06/2011 at 13:07 Reply
  • Bruberries » Arquivos » Retrospectiva Whatever – Parte II

    […] de tudo que aconteceu na Retrospectiva Whatever, eu jamais imaginava que ainda ia passar por outras várias experiências e […]

    11/09/2012 at 15:12 Reply
  • Bruberries » Arquivos » A finaleira – último trimestre da gravidez

    […] que talvez fossem bem difíceis para outras pessoas, mas eu fui lá e fiz. É só lembrar dos posts Retrospectiva Whatever e Retrospectiva Whatever – Parte II. Outra coisa que ajudou foi que minha parteira, a Zeza, […]

    22/07/2014 at 14:10 Reply
  • Deixe um comentário