Prazer, Kong. King Kong.

2 de June de 2009

kingkong

Eu nunca fui uma pessoa de micos convencionais. Claro que já beijei o chão na rua, caí da cadeira na aula, já dei foras e tive que consertar na hora ou sair correndo. Mas isso não é algo freqüente no meu dia-a-dia, até porque nem lembro da última vez que aconteceram coisas assim. Em compensação, alguns king kongs permeiam minha vida. Situações tão constrangedoras que viram chacota pro resto da vida e eu preciso aprender a conviver com isso toda vez que minha família se reune. Uma história clássica que sempre ressurge nos almoços de domingo é o dia em que eu abracei um cara qualquer num supermercado achando que era meu pai. Ele estava de costas e eu não tenho culpa se meu pai tem características padrão de pai: meio gordinho, estatura média e careca. Se fosse o Homer, eu abraçava. Não bastou abraçar, eu ainda disse “Aiai, PAPI” e quando aquele homem olhou pra mim extremamente surpreso, talvez lembrando de alguma ex-namorada e prevendo a cena de uma mulher gritando loucamente que queria um exame de DNA e tudo que ele tem na conta do banco, eu percebi que meu pai verdadeiro tava do outro lado do corredor, já rindo muito de mim.

Outras histórias:

Outra que adoram lembrar é a vez em que eu ganhei um cachorro Husky de pelúcia no Natal e… chorei. Chorei muito. MUITO. Chorei repetindo 3057 vezes a frase “meu Husky!!!”, enquanto todos entravam em conflito se era felicidade ou uma mágoa profunda com um erro do Papai Noel. Eles filmaram e acham a maior graça assistir isso hoje, uns 15 anos depois, rindo muito da minha cara. Eu, particularmente, continuo achando lindo o fato de uma criança conhecer tão cedo o papel da emoção, enquanto limpo algumas lágrimas ao lembrar do meu querido Husky.

E, é claro, o mico mais recente eu contei aqui no blog, que foi o dia em que todos os salões de beleza de Porto Alegre pararam porque a idiota aqui marcou de fazer a unha em todos eles, achando que era uma alguma deusa indiana com mil braços ou sei lá o quê.

Comente!
  1. Aléxsia 02/06/2009 às 11:09

    Ainda não estou acreditando qe sou a primeira (: Husky é muuuuito fofo, ainda terei um.

  2. Dafni do Nascimento 02/06/2009 às 11:54

    Ah meu eu sou super miquenta, cada uma que prefiro NÂO COMENTAR. heiurhiouee
    Mais a que eu mais tenho raiva é uma vez na praia que eu tava saindo do mar, meu primo me chamou e eu virei e continuei dando alguns passos e bum, cai de costas no chão, fiquei toda vermelha, e um velhinho veio me perguntar se eu tava bem.
    beijos

  3. Carola 02/06/2009 às 12:06

    HSUAHUSH euri! Ainda chamou o cara de PAPI! Fica uma coisa tão ‘oi, estou dando em cima de vc, bjs’… haha
    Beijo, Bruna. (:

  4. *Lusinha* 02/06/2009 às 12:34

    Eu não sou mestre em king kongs, mas já paguei uns muito feios também… E os piores sempre estão envolvidos com minha ida ao chão.
    Bjitos!

  5. Manu 02/06/2009 às 15:23

    Aaaaaaaaahahaha que fofa, emocioinada com o husky! ahahahaha to imaginando a cena e é impossivel nao achar graça! Criança é uma coisa incrivel!
    E esse de abraçar o cara errado tb foi foda hein bruna, tao ruim qnto entrar no carro errado qndo o pai vai buscar em algum lugar! ahuauhauhaa
    Nunca aconteceu comigo mas jah vi acontecer varias vezes! ahhahaha
    beijo!

  6. anie 02/06/2009 às 16:50

    falou em mico falou comigo, incrivel eu sempre arrumo um jeito de pagar um =(
    rs

  7. Tati 02/06/2009 às 18:01

    Beesho, pagar mico é uma coisa inexplicável. Eu aprendi a rir dos meus, não dá pra ficar tentando esconder a cara embaixo da terra, né? Eu até fico meio envergonhadinha, mas logo faço graça de mim mesma – assim ninguém mais tira sarro também hahaha!

    Rachei de rir com os seus causos, Bru xD~
    Um beijo pra ti, ótima semana!

  8. Bia 02/06/2009 às 18:02

    Bruna, eu morri de rir com seus micos rss.
    Essa semana eu ia entrnado no carro da pessoa errada rsrsrsrs, mico total rsrs.
    Depois q passa, a gente ri rs.

  9. Camila 02/06/2009 às 20:29

    EU RI MUITO ALTO e tive que contar o motivo da risada pra minha mãe que perguntou o porquê da gargalhada! Hahahahaha! Meu Husky é muito boooom….kkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Marina Guido 02/06/2009 às 21:57

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… mto bom!

    eu não consegu me lembrar de nenhum mico pra postar.

    BjO, Bru!

  11. marina 03/06/2009 às 10:38

    Praticamente todo dia eu pago um mico, mas pelo menos é um miquinho, pequenininho.rsrsrs
    Tbn ja abrecei pessoas achando que eram outras pessoas.
    bjos

  12. Ane Caroline 03/06/2009 às 14:53

    A pior parte dos micos é qdo tem alguém por perto teimando em lembrar do acontecimento all the time, coisa normal em se tratando de família convenhamos… O pior de td é a galera se acabando de rir e vc com aquela com aquela cara de WHAT A HELL? Fazer o que, é a vida, e micos fazem parte…
    Bjs Bruna… Já comentei no twitter, mas realmente teu vídeo ficou muito bom, deve ter dado um trabalhão danado… Boa sorte!!! E parabéns por fazer sua parte…
    Bjs…

  13. Mariana 03/06/2009 às 19:58

    HAUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAUHAUAHUAH!!
    Já ganhou! Puta merda, QUE VERGONHA!!! Chamar de papi foi só a cerejinha do bolo!

  14. Mariana 03/06/2009 às 19:58

    Eu sou vip! \o/

  15. isabela 04/06/2009 às 14:08

    comigo acontece pior minha querida…de qualquer forma bem legal…

  16. Verônica 04/06/2009 às 16:37

    adorei a historia da Cia do CAbelo! hahaha

    boa semana!

  17. marcela 04/06/2009 às 21:31

    rsrs eu também já abracei um cara achando que era meu pai… ¬¬

  18. Lud 05/06/2009 às 13:10

    auihsuiahs, pooxa bruna, king kong mesmo esse!
    pensei, pensei e esqueci do meu maior mico pra essa pauta: a vez em que eu cai subindo na escada rolante que descia e meu sutiã abriu :xx
    :*

  19. Carina 05/06/2009 às 14:25

    Noossa, eu tb já dei uma dessas! huahua!

    Qdo tava saindo do cinema agarrei um cara achando q era meu namorado! Ia saindo abraçada qdo percebi q era mais alto e maior..huahauhau! Foi um micãooooo!
    Eu nem queria sair mais do cine depois disso com medo do cara me ver..huaha!

    Bjos!

  20. natalya 05/06/2009 às 14:57

    CA-RAM-BA! O_O Essa de abraçar seu pai, que não era seu pai, foi foda. Eu já fiz algo semelhante, comecei a conversar olhando a prateleira do mercado e quando olho pro lado não era a pessoa que eu estava achando que era. AHUDHAUSDH.

    Beijos!

  21. Anne Kravitz 05/06/2009 às 19:35

    Huihaihauiha essa de abraçar o cara errado foi demais. E confesso que XOREI LITROZ com as suas aventuras tentando fazer as unhas no salão!
    Bjo

  22. Dafne 05/06/2009 às 21:51

    HUAhAUhUahuHAuHUahA…
    Adorei as suas histórias. Principalmente a do seu pai, fiquei imaginando a cena de vc abraçando um careca gordinho e falando Aiai Papi… HAuhUahUHauHuahUahuA!!!

    Isso acontece nas melhores famílias, viu… tipássim, eu fui esquecida peloes meus pais em uma loja lá de Miami, quando eu tinha CINCO anos! O_o
    E minha tia pegou a criancinha errada (uma menina) para ir embora, enquanto que o filho dela ficou no chão olhando para a cara dela! =p

    Beijos!!!

  23. Deborah 06/06/2009 às 17:35

    Essa de abraçar o pai foi A_melhor! Morri de rir imaginando aqui! :P
    Beijo!

  24. Michelle 07/06/2009 às 07:05

    Adorei se texto por em fazer ver que não sou a única com coisas constrangedoras a contar..basta te dizer que já encalhei no toboágua..e num passeio da escola, com todos me olhando..e naum encalhei por ser gorda,mas de tanto me segurar nele com medo da altura! Mico histórico..categoria de micos para a posteridade..srsrsrs!Bks e ótima semana :)

  25. Danda 07/06/2009 às 07:34

    Ahhh já passei micos assim também.. já falei uper empolgada com um cara achando que era meu namorado
    uheuehuehe
    adorei o título do post!!
    ahh lindo o blog viu??
    adorei!
    beijos!

  26. Vy 07/06/2009 às 15:35

    Hahaha, eu cansei de cair na escola! Dai num exame admissional o médico disse que eu tinha a perna meio torta. Ou algo assim, porque só de olhar meus joelhos ele concluiu que eu era uma criança que caia muito. Mas nem tenho cicatrizes! Senão ele podia só concluir que eu era uma criança retardada que vivia caindo…

  27. Ariane 07/06/2009 às 20:06

    Eu ainda acho a história do salão de beleza o maior mico de todos….e sem contar q foi através dessa história q eu cheguei até o seu blog, florzinha….bom, o post q eu fiz com as fotinhas da cartinha q vc me mandou e te ajudando na campanha sobre desperdício sai na quarta-feira à noite, (eu adicionei algumas info, por isso não saiu antes) =D
    Bjão florzinha.

  28. Anna 09/06/2009 às 16:20

    sempre me divirto muito com seus posts, e cara, esse mico do pai é clássico. Eu já peguei no braço de um garoto pensando que era meu amigo, tava andando distraída com ele pela escola, olhei pro lado e ele tava lá na frente. Fui correndo, segurei o braço e disse que ele nem me esperou. Quando olhei, era um garoto bizarro que veio da Finlândia que tem cara de neonazista, ele me olhou muito torto, eu sorri amarelo e saí correndo.
    beijos

  29. Yamonda 27/10/2015 às 08:03

    ooooh girl, do I? My response to that quisoetn would probably be cut off by the limitation on characters I could fill this box up with. LOL I am still so much learning to let God do His thang! I am really a checklist type of gal and I’m trying hard not to be that way about EVERYTHING. I find that it stresses me so much when stuff doesn’t get checked off, mainly when it has to do with other people.

  30. auto insurance 01/12/2015 às 14:35

    That’s what we’ve all been waiting for! Great posting!

  31. http://www.url2go.site/vnatc.com 10/12/2015 às 06:05

    That’s a shrewd answer to a tricky question

  32. cheap insurance 19/07/2016 às 06:55

    “If you back the Raiders fans”Just shows how little we all really know one another. Trust me md. There is no way I back Raider fans with the history I have had with them. I only ask that you keep in mind that Stan is a Niner fan as well. He (that I have seen) has not attacked any Niner players or the team.

  33. That’s a mold-breaker. Great thinking!

  34. http://www./ 20/07/2016 às 19:20

    vivid landscapes, you name it. I just have to want to read something I know will be good. Reviews: Silent Blade Silver Shark Magic Bites Magic Graves On The Edge Fate’s