RIP: Tudo de Blog

13 de Fevereiro de 2010

Essa semana, eu e as meninas que fazem parte do grupo atual do Tudo de Blog da Capricho fomos surpreendidas com uma notícia: o TDB está com os dias contados e vai encerrar sua participação na Capricho com o nosso grupo. Bombástico pra algumas, já esperado por outras, o que importa é que o TDB chega ao final do ciclo para quem escrevia e para quem acompanhava os textos das blogueiras selecionadas.

Parabéns a todas as meninas que participaram de alguma forma da história dessa Seção. Com certeza foi algo muito importante para todas que estiveram envolvidas e, principalmente, meninas que querem seguir a profissão de jornalista, ou que descobriram que queriam seguir essa profissão exatamente escrevendo as pautas com prazos apertados para a Capricho.

Fico chateada que tenha acabado, mas é aquela coisa… as pautas já estavam repetitivas e meio chatas, 3 meninos com rostinho bonito estavam chamando mais a atenção do que discussões sobre a adolescência e a gente estava começando a achar que as coisas andavam estranhas. É melhor assim.

Espero que a nossa comunidade no Orkut permaneça, nem que seja para lembrar do tempo em que existiu o TDB. E espero que as amizades que eu fiz aqui e as meninas que conheci e aprendi a admirar continuem no meu Twitter, no meu MSN e na minha vida.

Pra quem não se lembra, minha estréia no TDB foi marcada pelos hilários (e irritantes) trotes das veteranas, com início dia 02 de março de 2009. Mesmo com a diferença de idade com o público da Capricho, consegui exercitar minha escrita dentro das pautas e fui publicada na revista três vezes (uma com texto na íntegra e duas no LeiaMais) e outras três no site (aqui, aqui e aqui).

Muito obrigada por tudo, Naty Duprat!

E se alguém ficou curioso, no lugar do Tudo de Blog vai entrar o Capricho Fic, concurso de contos e romances julgado pela Meg Cabot! Demais pra quem curte escrever histórias, né?

O fim do segredo

21 de Janeiro de 2010

E então o grande segredo do Fervo da Moda Cravo & Canela chega ao fim! Neste post sobre a terceira e última etapa da ação, posso relembrar os outros dois encontros e contar tudo sobre o projeto que desenvolvemos em parceria com a marca.

O CONVITE

Um sonho. É assim que a Cravo & Canela se referiu ao projeto, e acho que é assim que nós, as escolhidas, nos sentimos quando embarcamos de corpo e alma nessa viagem. Literalmente. Há mais ou menos quatro meses, recebi uma ligação inesperada durante um almoço tardio lá pelas 3h da tarde. Aniele da Cravo & Canela, uma pessoa que pelo telefone parecia super normal, séria e centrada, reforçou o meu relacionamento com a marca, minha participação nas promoções e colaboração com a Revista Incomum. Tudo isso pra dizer que eu tinha sido uma das blogueiras selecionadas para integrar o projeto Fervo da Moda Cravo & Canela, e que não poderia dar mais informações, mas que teriam 3 encontros: um na fábrica, em Ivoti, e dois em SP. “Tá dentro?” “Claro!” e desligamos. A pessoa que nunca tinha andado de avião acabava de confirmar duas viagens pra SP sem nem ao menos saber o motivo. Terminei minha saladinha e twittei. Tava morrendo de curiosidade pra saber quem seriam as outras nove insanas que toparam uma proposta totalmente no escuro e na mão de quem eu seguraria caso fôssemos sequestradas e vendidas como escravas sexuais fora do país. Aos poucos, fomos nos encontrando via Twitter e juntando nossas ansiedades sobre o que vinha pela frente: Cris, Deisi, Lily, Mari, Nana, Nani e . Mas peraí, faltavam duas! Mistério!!

A MISSÃO

No primeiro encontro, em Ivoti, descobrimos: Isa e Gina não são geeks e internéticas como a turma das blogueiras, mas eram tão legais e queridas quanto. Gina foi a porta voz das meninas de Recife e Isa acompanhou a marca desde os primeiros anos, participando de pesquisas e grupo de foco.

Além de tudo que eu contei AQUI, foi o dia em que ficamos sabendo que iríamos participar do processo de criação de quatro novos modelos que iriam integrar a coleção da Cravo de Outono/Inverno 2010! Tivemos apenas uns 5 minutos pra respirar fundo e acreditar nisso, e depois já tivemos que decidir um só modelo de fôrma, salto e bico para criar as quatro variações. Optamos por ser uma sandália (pro inverno nordestino), um scarpin de bico redondo, um boneca e uma bota. A Karina e o Fabricio, que fazem parte do time de Criação e Design da Cravo, na hora mesmo já mandaram ver nos desenhos, e conforme íamos falando, eles mudavam.

4201236053_effa0a9420_o 4264601274_357f52e846_b

O TEMA DE CASA

Definidos os sapatos, agora tínhamos um segredo e um grande tema de casa: prepararmos protótipos de cada modelo para apresentarmos no próximo encontro, que seria menos de um mês depois, em SP.

Ganhamos uma bolsinha cheia de coisas para nos inspirarmos e recebemos em casa as famosas casquinhas, modelinhos em plástico nas quais poderíamos trabalhar encima, exatamente igual ao processo que o pessoal usa lá na fábrica. Dava pra colar tecido, papel, pintar com tinta, esmalte, fazer o diabo a quatro! O importante era passarmos nossas idéias e de acordo com o que tínhamos visto da coleção.

segredo1 segredo3

A APRESENTAÇÃO E DECISÃO

Dia 4 de janeiro nos encontramos no Vanilla Caffé, em SP, para vermos o que cada uma tinha feito de piração no seu pedacinho de plástico mágico. Vimos mais modelos da Cravo que seriam lançados para a Couromoda e fizemos quatro rodadas de apresentações das nossas idéias. Muita coisa parecida, o que significava que tínhamos absorvido bem os conceitos das tendências de 2010 e mostrava sintonia entre nós todas. Os quatro modelos foram definidos por consenso e também de acordo com o que iria necessitar de material e o que era viável ou não fazer. Tenho certeza de que algumas das nossas idéias não puderam ser realizadas agora, mas vão ser estudadas mais pra frente.

nn 4263887443_c4e49c1f79_b

TCHARÃ!!

Por fim, é com muito orgulho que apresento à vocês a mini-coleção Fervo da Moda! Os resultados finais foram estes:

desenho7

sapat

sapat2

sapat4

Com o modelo da botinha eu tenho uma relação mais pessoal, então fiz um mosaico com quatro fases durante o processo dela, desde o desenho, passando pelo meu protótipo até o resultado que está exposto na feira hoje e quem sabe estará nas lojas daqui uns meses.

Enfim, eu só tenho a agradecer todo mundo. O que começou como uma puta oportunidade se tornou uma das coisas mais legais que eu já fiz. É um conjunto de tudo: poder usar um sapato que eu mesma ajudei a pensar, viajar e conhecer São Paulo, ver a grandiosidade da Couromoda, conhecer os bastidores de uma fábrica e os modelos da coleção futura em primeira mão e, o mais importante, fazer parte de um grupo TÃO especial como o nosso. É incrível que mesmo com todas as diferenças de gostos e sotaques e, pior, sendo um monte de mulher reunida, cada uma ao seu estilo, acabamos nos complementando e formando um mini-família, que, assim como a nossa mini-coleção, deu super certo. Adoro cada uma de vocês e me sinto mega feliz de ter vocês em todas as lembranças e memórias dessa história! Adoro as pessoas da Cravo, que arriscaram, confiaram e com certeza surpreenderam muita gente com essa ação que nem mesmo uma marca de calçados mais experiente e abrangente teve coragem de fazer. Cabeça aberta, caminhos abertos. Muito sucesso!

E agora chega de monólogo, quero saber da opinião de todos vocês!!! Beijos!

Coleção de Inverno 2010 da Cravo & Canela

8 de Janeiro de 2010

Como vocês que acompanham o blog já sabem, eu e mais uma equipe de super meninas blogueiras e não blogueiras estamos nos encaminhando para a última etapa da nossa secreta missão do Fervo da Moda Cravo & Canela.

Uma coisa já podemos contar! Que a coleção outono-inverno 2010 é um arraso e reflete tudo que uma mulher Cravo & Canela é: descontraída, autêntica e feminina! Como nós vimos na visita à fábrica, as inspirações para as linhas da nova coleção são: Punk Rock, Dynasty, Space Odyssey e Country Living.

Mas final, o que isso quer dizer? Vou falar um pouquinho sobre cada uma delas:

Punk Rock

Um mundo de tachas ao nosso dispor. Caveiras, zíperes, rebites e botas de cano curto bem estilo final dos anos 70 / começo dos anos 80. Looks pesados e muito preto, verde e azul bic! Uma linha que acho que agradou todas nós e tem uns modelos super ousados!

Dynasty

Influência de uma série de TV com o mesmo nome lançada no final dos anos 70. Traz muito brocado, couros metalizados, cetim, pedrarias e strass e também a sofisticação e o luxo dos anos 80. Cores vibrantes como o pink, vermelho e o azul lápis são os destaques dessa linha, além das indispensáveis e lindíssimas unkle boots.

Space Odyssey

Uma linha dedicada aos fãs de David Bowie! hehe Uma vibe super high tech e alternativa, que vai trazer construções geometrizadas e arquitetônicas e modelitos com estética contemporânea em tecidos mais sóbrios como o tweed e o algodão, mas que em alguns momentos aparecem misturadas aos tecnológicos nylon e neoprene. Destaque para os oxfords (nunca tinha me interessado muito por esse estilo de sapato mas AMEI o modelo em cinza) e tonalidades minerais, brancos sujos e prata, que remetem a essência futurista do tema.

Country Living

A linha natureba que encerra a coleção 2010. Looks bastante rústicos e orgânicos que contam com muitas botas em materiais e cores naturais. Acabamentos e toques used (aquele toque de usadinho e gasto nos saltos e bicos), tons terrosos, verde e terracota.

Aqui alguns modelinhos que farão parte dessa coleção:

Agora a *GRANDE* novidade é que… eu posso contar? Pessoal da produção, posso contar? hahaha Tá, não vou entregar o ouro enquanto não posso mostrar efetivamente nossos segredinhos, mas o que eu vou dizer é que essa coleção ainda vai aumentar, e eu e as meninas tivemos uma grande parte de culpa nisso! Além disso, dia 20 de janeiro, nós estaremos na COUROMODA em SP (na mesma semana do São Paulo Fashion Week, FERVO total) e vamos mostrar pra vocês tuuudo da nova coleção, timtim por timtim! E também, claro, o que acontece quando juntamos uma marca super aberta e que curte inovações com várias meninas metidas e com a criatividade a mil! huhuhu

E, só pra não perder o costume de mostrar meus presentinhos da Cravo & Canela, o modelo da coleção passada que eu ganhei naquela visita em Ivoti! Meia pata bem alto, mas super confortável. Um ahazo!

Os 9 melhores posts de 2009

31 de Dezembror de 2009

Analisados, selecionados e recomendados por… mim mesma! Totalmente egocêntrica, apresento os 9 melhores posts de 2009 neste blog.

TOP 9: Ser perfeita exige esforço
Um desabafo sobre uma pessoa que com certeza parece alguém que você conhece.

TOP 8: Eu não sei plagiar
O meu mais sincero processo de criação.

TOP 7: Boys have penis, girls have vagina
A verdade, nua e crua, sobre o sexo.

TOP 6: Coincidência?
Baseado em fatos reais, por incrível que pareça.

TOP 5: Dicionário da TPM
Porque por trás de uma mulher desequilibrada e a beira de um ataque de nervos sempre tem alguns hormônios se debatendo.

TOP 4: Mal de parkinson depilatório
A incrível história sobre a coordenação motora confrontada com a indústria da beleza na sociedade sem pêlos.


TOP 3: Não me coloquem no saco!

Uma sufocante história crítica sobre estereótipos e julgamentos.

TOP 2: Em cartaz desde 1986
O texto que fez eu sair na Capricho! =)

TOP 1: Dá-lhe Hipoglós
Surpreendentemente o post de maior sucesso no ano de 2009. Porque beleza ainda põe mesa e nos faz cometer loucuras fedidas.

Bônus de posts incomuns: E a mãe, vai bem? e Vendi minha alma ao diabo.

Se quem acompanha o blog quiser relembrar de algum que não está nessa lista, fiquem a vontade! ;)

Retrospectiva 2009, desejos 2010

31 de Dezembror de 2009

Realisticamente, é só mais um dia no ano. O nosso verdadeiro ano termina mesmo no dia do nosso aniversário, não concordam? É mais um ano de vida, onde a gente começa do zero outra vez com esperanças de que venham por aí mais 365 dias de saúde e comemorações. Pois bem, o dia 31 de dezembro nada mais é do que o aniversário do MUNDO, e nada mais justo do que todos se reunirem e desejarem a ele mais um ano bom.

Depois de um 2008 conturbado onde fiquei em depressão e adaptação, 2009 foi um ano de conquistas. E lembrando dele, queria também poder desejar tudo de novo – e melhor – em 2010. Pra mim e pra todos vocês.

Arrisque, seja impulsivo e surpreenda-se com o que a vida tem para oferecer!

Logo no comecinho do ano de 2009, um telefonema perguntando se eu queria começar um semestre na turma de Criação 1 da Perestroika. Não estava preparada, ainda tava de mal com a publicidade, não tinha dinheiro. Descobri que a fonte do meu telefone era meu melhor amigo, Lucas. Ele estava na turma e me indicou, visto que tinha uma vaga sobrando. Arrecadei dinheiro com a vó e fui! Conheci pessoas muito legais, recuperei meu processo criativo, tive oportunidades, me identifiquei com mil coisas bacanas, tive 40 minutos muito divertidos a cada ida de ônibus pras aulas e fiz novos amigos.

Nessa mesma onda, me inscrevi como quem não quer nada para participar do TDB da Capricho e… fui selecionada! Apesar os temas um pouco adolescentes demais pro estilo do meu blog, fiz o possível e tentei sempre adaptar as pautas ao meu jeito de escrever posts. Não preciso nem falar no quanto me diverti e em quantas meninas legais eu conheci, né?

Assuma seu lado infantil. Crescer e amadurecer não significa não poder mais brincar e se divertir.

Em maio de 2009, chegou a May! E junto com ela, uma distração: o mundo das blythes. Outro propulsor do meu lado criativo, pude também conhecer muitas meninas legais e muitos desdobramentos daquilo que parecia ser apenas um hobbie – e dos caros. Não é coleção, é diversão. Uma boneca que se torna um caminho de volta para nosso lugar mais feliz: a infância. E quem disse que devemos trocar as brincadeiras por responsabilidades? Acredito que podemos sempre somar tudo.

Tenha coragem de largar o que não te acrescenta mais.

Depois de comparar meu estado de alegria diante da Perestroika com meu deslocamento no jornalismo da PUCRS, resolvi que já bastava. A segunda faculdade foi uma ponte para aos poucos voltar para ambientes sociais. Me deu um empurrãozinho quando eu estava em depressão, socada em casa. Fui obrigada a interagir, sair e pegar ônibus, perguntar, enfrentar o novo. Mas o curso em si não tinha a ver comigo. Resolvi trancar em julho de 2009.

O meu trabalho freelancer na Digerati Downloads também começava a se tornar cansativo, mesmo que fosse confortável trabalhar em casa e ganhar bem por isso. Era a decisão de trocar um salário fixo que tinha já há 1 ano por… nada. Foi difícil, mas antes pobre do que estressada e regredir na minha saúde tudo que estava aos poucos melhorando. Decidi abandonar com a contribuição também em julho.

Dedique-se e tente se divertir ao máximo com o que faz, não há como se arrepender.

Sem PUCRS e sem Digerati, a possibilidade de ficar socada de novo em casa e voltar à estaca zero. Porém, a Perestroika me rendeu frutos. Me dediquei aos vídeos, que foram temas do curso, e ganhei um estágio/experiência de um mês numa produtora de filmes muuuito legal. Amei conhecer todo mundo, os bastidores, as etapas e o funcionamento da produtora. Adorei ter que acordar as 5h da manhã pra ir pra uma gravação e depois assistir o resultado na tv, sabendo que eu estava lá. Principalmente, adorei o espírito das pessoas com quem eu convivi por mais de um mês até, de união e de competência. Foi tudo muito legal. Mas ainda não tinha a ver comigo.

Encare de frente seus maiores obstáculos. Se joga!

Em dezembro de 2009, eu voei pelo Brasil. Pela primeira vez na vida, entrei num avião, acompanhada de duas novas amigas, e rumei à louca cidade de São Paulo. E voltei, no mesmo dia. É claro que no dia anterior a isso eu me despedi de todos, deixei dinheiro pra minha mãe, vivi como se não fosse voltar. Quem me conhece sabe que tenho pânico de avião e muitas vezes meus sonhos de viajar e conhecer lugares incríveis eram barrados por isso. Agora não mais! Me orgulhei de ter quebrado esse obstáculo, e sem nem ter suador ou taquicardia. E tudo graças à Cravo&Canela. E tudo graças ao meu blog. =)

No mais, eu desejo tuuuudo de bom! Que a gente deixe de olhar pra fora e passe a olhar mais pra dentro. Chega de criticar, reclamar, não se deixem atingir por coisas tão pequenas quanto comentários de gente invejosa, o cachorro da vizinha, a demora na fila, o colega mal educado. Se as pessoas quiserem ser mesquinas e pequenas, deixem que elas sejam! Faça com que você seja maior do que isso, maior do que tudo! Veja o que ainda tem pra melhorar. Perdoe aqueles que não sabem aproveitar a vida, sem esquecer de aproveitar a sua! Tô me sentindo um pastor, mas é verdade! hehe Feliz 2010!

Logo mais volto pra fazer um Top 9 posts de 2009!

Página 6 de 30234567891011