Promoção Kit Bruberries

5 de Agosto de 2010

Eu sei, eu sei… Ultimamente eu tô que nem pai ausente: só apareço aqui pra dar presente. Mas, assim como os pais ausentes, prometo que volto para também dar atenção, carinho e alguns posts engraçados ao pessoal que ainda visita o blog.

Enquanto isso, temos sorteio! Eu já falei aqui do blog Mulheres Que Tem Algo a Dizer da Cravo & Canela e da viagem para Las Vegas que quem posta por lá está concorrendo. Essa semana saiu mais um post meu e, pra não pedir votos de graça, resolvi recompensar aqueles que estão me ajudando nessa empreitada! Surgiu, assim, a idéia de fazer o Kit Bruberries para alavancar o projeto Bruna Goes To Vegas.

O Kit:

Uma sapatilha n° 36 + bolsa roxa + 5 esmaltes da Big Universo (Jade, Turquesa, Zond, Nébula e Matt Plus) + curvex Galenco + espelhinho com boneca BJD + belíssimo brinco de strass + blush Ruby Rose.

Kit Bruberries

E pra participar?

1° – Vá até o meu post das Blythes no blog da Cravo & Canela e vote 5 estrelinhas!

2° – Deixe um comentário lá no post com seu nome e twitter.

3° – Twitte a frase: “Votei 5 estrelas no post da @bruberries lá no blog da @cravocanela! http://migre.me/12aKd

Pronto! Você estará concorrendo! O sorteio será realizado pelo site sorteie.me no dia 14/08/2010 ao meio dia. Depois de sorteado, irei verificar se a pessoa participante cumpriu com os 3 passos. Caso contrário, esta será desclassificada. O envio do prêmio será por minha conta e por PAC.

Lembrando que todo mundo que comenta no blog da Cravo está concorrendo a um sapato da marca por mês!

Dicas Dia dos Namorados + Promoção Potthoff!

10 de Junho de 2010

Separei algumas dicas de presentes. Alguns valem tanto para namoradas quanto namorados, e todos tem valor abaixo de R$ 40 reais!

1. Havaianas Dia dos Namorados – Vocês já viram o lançamento desse ano? Acho que é para estar vendendo nas lojas, pois a previsão de lançamento no mercado era dia 19/05! Super fofinha, mesmo estando perto do inverno!

2. Regador com trufas Viena – Ano passado descobri o site da Lis Fonseca – Sugarcraft através do pessoal da Cravo&Canela (que nos presenteou com um bolinho incrível feito por ela). Agora fui olhar o que ela aprontou pro Dia dos Namorados e achei esse regador. Super em conta: ele vem com 15 trufas Viena recheadas com chocolate amargo com crocante de avelã, amêndoas, nozes e castanhas do pará! Hmmm! Tão bom pra quem pode comer! hehehe

3. Colar coraçõezinhos – Um trabalho incrível da Mari Mauro Acessórios. O colar é feito com coraçõezinhos de couro sintético e corrente de metal! Eu ameeeei!

4. Trufas decoradas – Mais uma delicinha da Lis Fonseca – Sugarcraft. É uma caixinha forrada com quatro trufas decoradas de motivos românticos. Sabor: chocolate ao leite e vinho do porto.

5. Luva de Cozinha Love – Uma das fofurices do Segredo do Vitório! Pra cozinhar juntos ou ainda preparar um bom jantar na noite do dia 12! =)

6. Fronha Eu Te Amo – A fronha em si já é bonitinha, mas saber que ela vem com uma caneta especial pra você completar a frase “Eu te amo mais que…” é muito mais legal! Só podia ser coisa da Imaginarium mesmo!

*****************************

Falando em presentes, essa semana eu recebi um muito surpreendente! Flores no trabalho! Quando fui ver o remetente, jurando ser algum admirador secreto ou quem sabe o Brad Pitt me pedindo desculpas por ter adotado filhos com a Angelina Jolie e não comigo… tadã! Era um mimo da Potthoff Pratas, uma loja de jóias que trabalha com brincos, pingentes, colares e pulseiras de prata intercaladas com pedras coloridas, pérolas, etc! Como se não bastassem o belo buque de rosas vermelhas, ainda fui presenteada com uma jóia a minha escolha lá no site! A proposta é que as mulheres se amem mais e, por que não, se presenteiem no Dia dos Namorados!

Agora vem a parte da promoção!!

Como eu sei que tem muita menina solteira nesse dia e que ainda fica meio triste por isso, vou sortear uma jóia da Potthoff pelo Twitter para que vocês se namorem no dia 12 de junho! Que tal? Pra participar é bem simples! Basta seguir @potthoffpratas e @bruberries e retwittar a frase “Quero me dar uma jóia da @potthoffpratas que a @bruberries está sorteando nesse Dia dos Namorados! http://migre.me/NnlB”.

A promoção começa hoje (dia 10/06) e acaba segunda-feira (dia 14/06) ao meio dia. O sorteio será feito pelo http://sorteie.me. A vencedora poderá escolher qualquer jóia disponivel do site da Potthoff Pratas. E ai, ta esperando o que pra participar? =)

Mulheres Que Tem Algo a Dizer

7 de Junho de 2010


Depois da incrível ação Fervo da Moda, da qual eu e mais outras meninas blogueiras co-criamos e acompanhamos o desenvolvimento de uma mini coleção dentro da coleção de Inverno da Cravo&Canela, mais uma vez a marca abre as portas para suas consumidoras no blog Mulheres Que Tem Algo a Dizer.

O MQTAD será completamente abastecido por conteúdo criado por essas mulheres que sempre tem algo dizer, mas nem sempre tem onde ou para quem fazê-lo. E qual mulher não fala pelos cotovelos quando tem algum assunto que a interessa, né? Os posts são bem variados com assuntos como moda, música, cultura, beleza, culinária, baladas. Uma equipe de mediadores colocará no ar por 10 dias os posts selecionados, que ficarão disponíveis para comentários e avaliações de todos os leitores. Nesse período, a autora do post mais votado ganhará um par de calçados da Cravo & Canela. Além disso, as leitoras que se cadastrarem e efetuarem votos, automaticamente participarão de sorteios de calçados. Ou seja, é sapato pra dar e vender! Literalmente! hahaha

No final da campanha, em outubro, a autora que somar mais votos entre seus textos publicados, ganhará uma viagem com acompanhante para Las Vegas, onde assistirá ao espetáculo vigente do Cirque Du Soleil. Uau, agora a Cravo se puxou, não acham?

Eu já tenho um textinho meu no blog, que já tinha publicado aqui no blog! Quem quiser dar uma conferida, comentar e avaliar para concorrer ao sorteio da vez, passa por lá! E pra quem curte escrever ou tem um blog, manda o seu texto, divulga e fica na torcida pra ganhar um sapatinho, ou quem sabe a grande viagem pra LA?!

Manoel Carlos, o Maneco

17 de Maio de 2010

Parece estranho um post sobre Manoel Carlos, mas na verdade… é realmente bem estranho mesmo.

Já tive minha fase de fazer parte dessa comunidade. Aquela revoltinha básica de “mimimi isso é tão massificado” e achar que novela era besteira. Sim, muitas delas são. Mas são também entretenimento. E a grande sacada do Manoel Carlos é que ele transformou algo que era pra ser apenas entretenimento, aquilo que tem o dever de nos divertir, nos tirar um pouco do mundo real, nos distrair, em algo que instiga, gera debate, faz refletir.

E eu não sei o que acontece comigo, mas o Vale a Pena Ver de Novo me transforma em alguém diferente. E esse alguém gosta de novelas. No Vale a Pena Ver de Novo elas parecem muito melhores, apesar dos cortes porcos que fazem. Ou talvez seja exatamente por causa dos cortes, a história acaba ficando mais dinâmica. O fato é que isso me fez perceber o quanto adoro as novelas do Manoel Carlos. Múltiplas Helenas, as clínicas do Dr. Moretti, festas que duram uma semana inteira, mortes trágicas de personagens que nos fazem soluçar no sofá, aquelas polêmicas pra serem abordadas por todas as revistas e programas de comportamento, etc.

Quando Viver a Vida começou, eu já tinha decretado: é novela do Maneco, vou ver! No começo da história, uma Luciana que parecia mais ter 5 anos de idade, metida e mimada, me fez desanimar. Era tudo muito surreal, uma vida boa e ela sempre querendo mais de tudo e todos. Mas acho que foi tudo feito propositalmente exagerado para que pudéssemos notar a grande mudança da personagem depois do acidente.

Semana passada a novela acabou, e eu posso dizer que foi a novela mais madura de Maneco. Pra mim, um verdadeiro marco em quesito de novelas. Sim, teve o “tema principal polêmico” para ser debatido no Fantástico, teve uma enxurrada de merchans (mas que, honestamente, estão melhorando muito), teve as inserções culturais chatinhas e forçadas que já são marcas do autor, teve também milhares de críticas chamando o enredo de autoajuda. Mas o que eu mais gostei da novela foi a realidade dos personagens. Ao contrário do que já aparenta a próxima novela das 21h (Passione) Viver a Vida não tinha vilões. Na verdade, isso é meio que uma característica que vinha crescendo nas últimas novelas do Maneco, mas nunca foi tão visível. Personagens super humanos, que amadurecem, crescem, erram, continuam com os erros, não mudam. Em uma novela que principalmente pretendia abordar a SUPERAÇÃO, o que pude perceber é que o grande vilão era mesmo o destino. E que nós temos que lidar com ele, aprender, ir adiante, superar. Eu acho isso MUITO LEGAL. Porque, sinceramente, quantas pessoas vocês conhecem que tem como objetivo de vida bolar planos infalíveis contra alguém? Separar casais? Dar golpes milionários e fugir com o dinheiro? ISSO é coisa de novela. Ter que conviver com pessoas chatas, fazer decisões na vida, sofrer preconceito, violência, superar traições, perdas e doenças. ISSO é vida real. Eu me emocionei muito ao longo da novela com a veracidade dos fatos. E a coisa mais bacana, pra mim, foi a Luciana não ter voltado a andar. Além disso, as personagens chatas continuaram a ser chatas, as pessoas que se decepcionaram continuaram magoadas e as implicantes idem.

Embora a gente não se surpreenda, tem muita gente que se informa através das novelas. É a palestra das massas. Só assim eles vão aprender o que significa anorexia, bulimia, como se prevenir contra o câncer de mama, como aceitar melhor uma relação homossexual. Parece tão óbvio e clichê, mas também é tão importante para algumas pessoas que não tem condições de uma educação melhor, e às vezes nem possuem a cultura de ser ensinado, aprender, e por isso não vão atrás. E é muito importante trazer tudo isso pras massas. E se tiver que ser feito em forma de novela, acho super válido. Vida longa e próspera ao Maneco!

Sessão Pipoca com muitos filmes

5 de Maio de 2010

A Proposta ★★½☆☆
The Proposal

Comédia romântica com a Sandra Bullock e o Ryan Reynolds. Ah, é fofinho, tem uns draminhas no meio, mas no fim achei meio fraco. Digo, tem umas partes engraçadinhas, você torce pelos dois, mas acho que não rolou uma química entre eles. Na própria história, eu acabei achando que não era amor, e sim compreensão e identificação que eles passaram a sentir um pelo outro. Mas enfim, o desfecho tinha que ser esse né, então acho que forçaram ali um final de feliz.

Os Falsários ★★★½☆
Fälscher, Die

Filme muito bom sobre o holocausto, maaaas… eu tinha visto a Lista de Schindler uma semana antes e, gente, não tem como comparar! hahaha Lista de Schindler: nada pode ser maior! hahaha Mas falando sério, é uma parte muito, muito interessante da história, uma curiosidade sobre os campos de concentração que eu nem fazia idéia que tinha existido, e os personagens são muito legais, bem construídos – embora seja baseado numa história real. Inclusive tem uma peculiaridade que eu nem imaginava: o protagonista, um dos maiores falsificadores da história, Salomon Sorowitsch, veio se refugiar no Brasil quando bem mais velho e morreu aqui em Porto Alegre, trabalhando com pinturas e brinquedos! Curioso, não?

Na Mira do Chefe ★★½☆☆
In Bruges

In Bruges é considerado um filme de humor negro e reviravoltas. Sinceramente? O dia em que piadas sobre negros, prostitutas e anões forem considerados humor negro, eu serei uma Geleca. Achei o filme forçado, tanto na parte de se esforçar para que ele seja violento (oi, cenas de cabeças explodindo e sangue em demasia) quanto para as tais piadas de humor negro, que só depreciam algumas pessoas de forma estúpida. Ah, desculpa, isso não é humor negro pra mim. Se o filme tem alguns tons bem humorados e de comédia, isso passa batido diante da história que é pesada DEMAIS e impossível de ser deixada de lado pra você rir do jeito bobinho e atrapalhado do Colin Farrell. Em compensação, os atores estão ótimos.

Alice no País das Maravilhas ★★★☆☆
Alice in Wonderland

Em consideração ao eu amigo Tim Burton, fui ver o filme. Ok, era impossível deixar de ver Alice em 3D nos cinemas, mas eu tinha lido muitas críticas ruins e já tava desanimada quanto ao filme. Apesar disso, eu achei muito bom!!! Visualmente falando, ele é PERFEITO. Estilo Burton nos detalhes das árvores e cores, mas a produção 3D é ótima, os animais são muito reais, você não tem a sensação de que são atores num cenário todo produzido pelo computador. Tá, eu não tive pelo menos. E a trilha sempre sensacional de Danny Elfman. Mas o que acontece é que eu vi muito um filme/seriado/seiláonome de Alice quando era pequena. Ainda vou achar pra postar aqui, mas eu realmente não achei como filme, e não era desenho tbm. Eu achava o máximo, só que o filme seguia o livro: era totalmente subjetivo, com metáforas, lições de vida infiltradas em diálogos que pareciam sem nexo, Feliz Desaniversário, um ovo que dançava encima do muro, a Rainha Branca virava uma ovelha e no fim era sempre a Alice fugindo de um dragão pelos espelhos. Era tão subjetivo que eu nem entendia a história, só lembro dessas cenas. No filme do Burton, a história é entregue. Crianças, velhos, adolescentes, todo mundo consegue entender tudo, a única parte mais maluquinha (e ainda assim sem nenhum mistério) é o Chapeleiro Maluco, que, cá entre nós, tá meio exagerado. Então na minha opinião, a adaptação de roteiro deixou a desejar, pois simplificou a história. Mas talvez esse fosse o objetivo, vai saber?

A Era do Gelo 3 ★★☆☆☆
Ice Age 3

Olha, eu não sou a pessoa mais indicada pra falar de continuações. Sempre acho desnecessário. Os personagens são carismáticos e a história rende pra mais de 3 filmes? Faz um desenho animado pra TV Globinho então. Achei A Era do Gelo 3 super fraco, tentando espremer histórias, etc. A melhor parte é a do Scrat, o esquilinho que enfim esquece sua noz porque encontrou um grande amor. É sensacional a historinha paralela dele. Aliás, no próximo A Era do Gelo podia ser sobre a extinção e só sobrar ele de personagem, né? Acho que seria muito melhor.

A Família Savage ★★☆☆☆
The Savages

Filme deprimente (no sentido de ter uma história bem triste mesmo) e pretensioso a ser algo cult. Sei lá, senti uma vibe wannabe Lula e a Baleia, pesando os dramas pessoais e a brutalidade da realidade, aquela coisa “a vida como ela é”, mas não rolou. Os dois atores, Laura Linney e Philip Seymour Hoffman são ótimos, fantásticos, mas infelizmente suas presenças e atuações não seguram um roteiro ruim. Achei a história arrastada, o enredo asilo muito triste e não vi tanto o bom humor que dizia o resumo da caixinha. O que mais gostei foi a cena final, super fofa e simbólica.

Tudo Pode Dar Certo ★★★★☆
Whatever Works

Ai, como eu não vou gostar de um filme do Woody Allen? O personagem principal, claramente um Woody Allen interpretado por Larry David, é o tipo misantropo impossível de não amar. A história é típica, numa comédia crescente. O cenário? Nova York, de volta aos velhos tempos. O roteiro é antigo e, sinceramente, me lembrou uma junção de mil outros filmes do Woody. Um Woody Allen apaixonado por uma loirinha anos mais nova? Manhattan. A hipocondria em destaque com direito a ataques noturnos de noite? Noivo Neurótico, Noiva Nervosa. Liberdade sexual e poligamia tratados com naturalidade? Vicky Cristina Barcelona. E pra completar, tudo gira em torno de Bóris (A Última Noite de Boris Grushenko) e em algum momento é citado o caso de um cara que transou com uma ovelha (Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Sexo). Apesar da salada mista de repetições, a história é muito original. Aliás, a mensagem! Tudo Pode Dar Certo. Uma maturidade em aceitar que você tem que apostar, experimentar, fazer o que gosta, seguir em frente. Vai que isso funcione? No filme, funcionou. Pra Woody Allen, que se arriscou a sair do seu senso comum de filmes assim para se aventurar em outros países, outros estilos de filme e sair de cena um pouco, funcionou. Depois, quis voltar ao velho formato de se espelhar no personagem principal na cidade que não dorme com uma história cheia de “clichês” Woody Allen. E funcionou. Pra ele, Whatever Works! É sempre bom. =)

Página 4 de 3012345678910